Mulher que quis processar canal de 'Dexter' por pôster que a fez cair da escada perde ação

(Imagem: divulgação Showtime)

Anjanaffy Njewadda, uma mulher que diz ter se assustado com um pôster da série ‘Dexter’ a ponto de ter caído da escada da Grand Central em Nova York, perdeu a ação que movia contra o canal Showtime pelo acidente.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

O caso aconteceu em 2013, quando o material publicitário anunciava a temporada final da série sobre um serial killer que controla seus impulsos para matar apenas criminosos. De acordo com Njewadda, o canal teria colocado de forma proposital uma imagem “perturbadora, provocante, chocante e indutora de medo” nas escadas. Ela machucou o pé e o tornozelo na ocasião.

Em decisão divulgada na última semana, o juiz Shlomo Hagler isentou o Showtime de culpa.