Mulher pode ser presa nos EUA por não devolver VHS de "Sabrina"

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
Uma fita VHS de
Uma fita VHS de "Sabrina, Aprendiz de Feiticeira" virou caso de Justiça nos EUA (Reprodução)

Resumo da notícia:

  • Uma mulher estadunidense pode parar na prisão por ter supostamente esquecido de devolver uma fita VHS de "Sabrina, Aprendiz de Feiticeira" para uma videolocadora há 22 anos

  • Caron McBride afirma que só descobriu o crime recentemente, quando tentou trocar o seu nome na carteira de habilitação

  • McBride afirma nunca ter alugado a fita e muito menos assistido à série: "não faz o meu tipo"

Uma estadunidense chamada Caron McBride descobriu que corre o risco de ser presa por um crime que não sabia que tinha cometido. Ela está sendo acusada pela Justiça dos Estados Unidos de não devolver a uma videolocadora uma fita VHS da série 'Sabrina, Aprendiz de Feiticeira' há 22 anos.

A história foi contada pelo canal local FOX 25. De acordo com uma reportagem, McBride só tomou conhecimento do processo quando tentou trocar o seu nome da carteira de motorista. "A primeira coisa que me disseram foi que eu respondia por crime de peculato, então eu achei que ia ter um ataque cardíaco", contou ela.

Leia também:

De acordo com o processo que corre na Justiça, McBride supostamente alugou a fita na cidade Norman, no estado de Oklahoma, em 1999, de uma locadora que já fechou as portas. Ela, no entanto, afirma nunca ter visto a série exibida no Brasil pela TV Globo de 1998 a 2000.

"Eu morava com um jovem, isso há mais de 20 anos. Ele tinha duas filhas, de 8, 10 ou 11 anos, e acho que foi ele quem pegou e não devolveu mais, ou algo assim. Nunca assisti a esse programa em toda a minha vida, não faz meu tipo", comentou ela, que corre o risco de pagar um ano de prisão ou uma série de multas que chegam a US$ 1 mil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O pesadelo de McBride, contudo, não vem de hoje. A mulher afirma ter sido demitida diversas vezes nas últimas décadas e acredita que isso foi motivado pela sua ficha criminal, manchada por uma fita VHS que não se lembra de ter alugado. Agora que sabe do que está sendo acusada, ela afirma que irá tentar limpar o seu nome na Justiça.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.