Mulher pede o divórcio após marido ignorar suas mensagens de texto

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Muita gente fica brava quando os parceiros ou amigos visualizam uma mensagem e não respondem. Mas uma taiwanesa levou isso a outro patamar e pediu o divórcio após ser ignorada por seu marido.

Ela utilizava o aplicativo de troca de mensagens Line, semelhante ao WhatsApp, para conversar com o marido e usou a ferramenta como prova no tribunal. O juiz acabou favorecendo a esposa ignorada e disse que as mensagens lidas e não respondidas eram “prova-chave” de que o casamento estava “além da separação”.

As mensagens ignoradas foram trocadas durante seis meses e uma delas era sobre um acidente de carro sofrido pela mulher, que acabou hospitalizada. O marido leu todas e não expressou nenhuma reação e sua atitude foi comprovada graças aos tiques azuis do app.

A falta de atenção e preocupação do marido não agradou o juiz. “Ele não mostrou nenhuma preocupação por ela. As mensagens mostram pouca interação com a demandante. O réu raramente responde às suas mensagens”, disse.

O divórcio foi concedido após a apresentação das mensagens e outros fatores também influenciaram na decisão do tribunal, como as contas da casa onde o casal vivia junto com a mãe, irmão e cunhada do rapaz, todas pagas por sua esposa. O ex-marido não possuía emprego fixo sua mãe chegou a pedir pedir empréstimos à nora durante o período em que moraram na casa.

“Um casal normal não deveria se tratar assim. As mensagens foram uma peça importante de evidência. Elas mostram o estado geral do nosso casamento, que nós não temos uma boa comunicação“, explicou a mulher à BBC. O casal estava junto desde 2012.