Mulher se recusa a usar máscara em trem de SP e confronta funcionário: "Sei o regulamento de Deus"

Foto: Reprodução

Uma mulher identificada apenas como Vilma aparece em um vídeo gravado dentro de um trem de Santo André (SP) alegando que não usaria máscara de proteção individual, medida obrigatória para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, e recomendando aos demais passageiros que “orem a Deus”.

“Orem a Deus ao invés de ficar se preocupando com máscara. Com máscara ou sem máscara, se for da vontade dele, ele vai levar. Não tem essa não”, afirma a mulher em tom irritado. O caso teria acontecido no último dia 11.

Na sequência, é possível ver em outro vídeo, publicado pelo publicitário Evandro Ribeiro, um funcionário da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) aborda a mulher, que logo põe a máscara.

Leia também

Questionada se ela não teria conhecimento do regulamento para andar no transporte público, a mulher responde: “Sei o regulamento de Deus"

Ao portal BHAZ, o publicitário autor das imagens conta que a mulher causou confusão no local antes mesmo de embarcar no trem.

“O mundo inteiro passando por isso, pessoas morrendo e aparecem outras como essa mulher, com pensamentos tão ignorantes, colocando a religião no meio. Fiquei chocado, é uma sensação de impotência”, desabafa Evandro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O uso da máscara é apenas uma medida para diminuir o contágio de Covid-19. Autoridades sanitárias e a OMS (Organização Mundial da Saúde) defendem o isolamento social como a principal medida para conter o avanço da pandemia em todo planeta.

De acordo com o mais recente boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, o Brasil registra 13.149 mortos pelo novo coronavírus, além de 188.974 casos confirmados. O estado de São Paulo sozinho já soma 4.118 óbitos e mais de 51 mil infectados.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.