Mulher internada com Covid-19 perdeu pais, marido e irmão para a doença: “Fiquem em casa”

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Vivian (à esquerda) perdeu familiares para a Covid-19 - Foto: Arquivo pessoal
Vivian (à esquerda) perdeu familiares para a Covid-19 - Foto: Arquivo pessoal

A vida de Vivian de Oliveira virou de cabeça para baixo por causa da Covid-19. Em menos de um mês, a assistente social e empresária perdeu o pai, a mãe, o marido e o irmão por conta do vírus. Agora, é ela quem se vê internada em estado grave com a doença em Fortaleza.

"Quem ama, cuida. Por isso, obedeçam as normas sanitárias e fiquem em casa. Eu perdi as quatro pessoas que eu mais amava para o vírus e a dor é inesquecível", declarou em entrevista ao G1.

Leia também:

Da morte do pai ao falecimento do marido, foram 20 dias de pesadelo para Vivian. Ela conta que a primeira da família a ser diagnosticada com o vírus foi a cunhada, que chegou a ser internada, mas teve alta e se recupera em casa. A sobrinha e a filha da empresária, ambas com um ano, também testaram positivo, mas não precisaram de maiores cuidados.

Em meio ao contágio geral na família, o pai de Vivian contraiu a doença e morreu no dia 20 de fevereiro. Apenas um dia depois, foi a vez do irmão. A mãe faleceu seis dias depois. E no último dia 10, a empresária perdeu o marido. Agora, ela tenta reunir forças para cuidar das crianças da família.

"Hoje eu me sinto triste, abalada, desacreditada. Tem horas que parece que é um pesadelo. Eu não tive tempo de poder ter todo esse sofrimento, ainda mais para lutar por eles, que estão precisando de mim, da minha força. Eu preciso cuidar da minha filha. Só quem sente essa dor é quem passa", comentou.

Vivian também acabou contraindo a Covid-19 e segue internada na capital cearense. Seu estado ainda é grave, mas não exigiu intubação ou utilização de respiradores. “Estou buscando ajuda psicológica, na família e principalmente em Deus, que tem sido o meu refúgio nesse momento de dor."