Mulher é expulsa de shopping nos EUA por usar roupa “vulgar”

Hannah Pewee afirma que foi expulsa de um shopping por usar esta roupa “vulgar”. (Foto: Facebook)

O termômetro marcava 32 graus no último sábado em Michigan, Estados Unidos, quando Hannah Pewee decidiu ir ao shopping. Ela se vestiu de acordo com o clima, usando uma regata simples do filme ‘Procurando Nemo’, um short jeans, e sapatilhas brancas. Apesar disso, aparentemente a forma como ela se vestiu foi considerada “vulgar demais para o público” de acordo com a própria Hannah, que foi expulsa do Woodland Mall em Grand Rapids, Michigan.


As many of you know, it is NINETY degrees outside today in West Michigan. Aka, really hot. So, of course, I decided to…

Posted by Hannah Pewee on Saturday, June 10, 2017

“Aparentemente uma pessoa anônima fez uma reclamação a meu respeito para o SEGURANÇA DO SHOPPING pois eu estava vestida de forma inapropriada, e eu fui expulsa do local,” escreveu Hannah, num post no Facebook que, desde então, se tornou viral e conta com milhares de reações e compartilhamentos.

“Não importa que em um raio de 30 centímetros houvesse várias meninas vestidas exatamente como eu, já que está fazendo TRINTA E DOIS graus lá fora. Estou tão brava que meu corpo está tremendo. Fiquei tão envergonhada que quase chorei. Tudo isso porque alguém não gostou da forma como eu me vesti”.

“Eles deveriam ter vergonha de si mesmos, junto com a pessoa que reclamou anonimamente,” continuou Hannah. “É o meu corpo, e está calor lá fora. Eu não vou vestir uma calça jeans e um moletom, desculpe. Você não gostou? Olhe para o outro lado! Eu estava me divertindo com a minha irmã e, de repente, estou na rua. Dizer que a forma como as meninas se vestem é vulgar, é deplorável e ultrapassado, e precisa parar”.

O apoio a Hannah foi impressionante, e muitos usuários da rede social concordaram com a jovem garçonete, sendo que alguns aconselharam que ela procurasse um advogado, pois “este certamente é um caso de discriminação”.

“Eu reclamei na página do Facebook deles e você merece um pedido de desculpas. Você parece ser uma jovem muito amável,” escreveu uma mulher.

“Sinto muito que isso tenha acontecido com você. Você não merecia isso. Fico feliz em ver que você está recebendo um apoio positivo. O Woodland Mall deveria estar com vergonha,” outra comentou.

Hannah agradeceu a todos por seus comentários, mas ressaltou que não queria “atacar” o shopping, embora acredite que eles precisam avaliar melhor o que estão fazendo.


I just wanted to write a thank you note to all the support I've gotten over the whole incident with Woodland today. I…

Posted by Hannah Pewee on Saturday, June 10, 2017

“O código de vestimenta no site deles não diz nada sobre o comprimento das roupas. Se há uma política tão severa, isso precisa ser *informação pública*, e não algo que os seguranças informam repentinamente a clientes desavisados,” ela disse em um post atualizado. “Especialmente com o verão chegando [no hemisfério norte], haverá muitas meninas como eu, indo ao shopping sem saber que estão quebrando as regras de algum código secreto de vestimenta”.


Felizmente o Woodland Mall recebeu a mensagem e não apenas enviou um pedido de desculpas a Hannah no dia seguinte, mas irá revisar o código de vestimenta presente em seu site. Em um novo post no Facebook, a jovem escreveu:

“Eu falei no telefone com alguém da equipe de gestão do Woodland e eles pediram desculpas pelo que aconteceu ontem. Aparentemente eles vão revisar o código de vestimenta no site para que fique mais fácil entender o que é e o que não é aceitável. Além disso, os seguranças serão treinados para lidar melhor com situações como esta”.


Alright, so I talked on the phone with the someone on the management team at Woodland and they apologized for what…

Posted by Hannah Pewee on Sunday, June 11, 2017

“Eu quero agradecer a todos por suas mensagens de apoio. Elas me ajudaram muito, especialmente quando tantas pessoas estavam prontas para me derrubar. Muito obrigada. Espero que algo bom possa sair de tudo isso!”

Embora as pessoas tenham apreciado o fato de que o estabelecimento pediu desculpas, alguns afirmaram que o único motivo por trás do pedido foi a atenção que a publicação recebeu.

“O pedido de desculpas deles deveria ser público,” comentou uma pessoa. “O comportamento do segurança foi terrível. Sinto muito pelo mal que isso lhe causou. Ninguém merece ser envergonhado publicamente, nem em particular, por se vestir de acordo com o clima”.

Nisean Lorde

Yahoo Canada Style