MST participa de ópera no Theatro Municipal de São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 23.01.2019 - Vista externa do Theatro Municipal de São Paulo. O Theatro Municipal de São Paulo é um dos mais importantes teatros do Brasil e um dos cartões postais da cidade de São Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1901241216708009
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 23.01.2019 - Vista externa do Theatro Municipal de São Paulo. O Theatro Municipal de São Paulo é um dos mais importantes teatros do Brasil e um dos cartões postais da cidade de São Paulo. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1901241216708009

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Coletivo Nacional de Cultura do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) participa de "Café", ópera que estreia na próxima terça (3), no Theatro Municipal de São Paulo.

O espetáculo é baseado em libreto de Mário de Andrade e celebra o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. A montagem tem concepção cênica e direção de Sérgio de Carvalho. O músico Felipe Senna é responsável pelas composições.

Segundo Carvalho, o texto é um dos mais politizados de Mário de Andrade e aborda a crise econômica de 1929, que gerou uma grande insatisfação popular no Brasil. O diretor já tinha trabalhado com o MST anteriormente. "Em uma peça que fala sobre luta social, fazia todo o sentido chamar um movimento que tem uma atuação histórica neste lugar", diz.

Para o MST, é simbólico que o movimento ocupe o Theatro Municipal de São Paulo, um dos principais espaços culturais do estado e do país.

A ópera é apresentada pela Orquestra Sinfônica Municipal e o Coral Paulistano e conta também com as participações do Balé da Cidade, da cantora Juçara Marçal e do cantor Negro Leo.

Para a estreia foram convidados o ex-presidente Lula (PT), o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), João Pedro Stédile, dirigente nacional do MST, além do cantor Emicida.

A ópera será exibida todos os dias, até 8 de maio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos