Mrs. Mundo desiste do título após ser presa por arrancar coroa de sucessora

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Mrs. Mundo, Caroline Jurie, 28, desistiu de seu título nesta sexta-feira (9) após se envolver em uma polêmica durante a coroação da Mrs. Sri Lanka, no domingo (4). Ela chegou a ser detida por agressão a sua sucessora, mas foi liberada ao pagar fiança. Jurie, que foi Mrs. Sri Lanka antes de ganhar o título mundial, arrancou a coroa da cabeça de sua sucessora após a coroação e deu, por conta própria, o título à segunda colocada, alegando que a vencedora é divorciada, o que contraria regra do concurso. Pushpika De Silva, 31, que teve a coroa retirada de sua cabeça, deixou o palco do concurso chorando, mas depois explicou em suas redes sociais que está sim separada do marido, mas que não é divorciada. O concurso apurou e lhe devolveu o título. Mesmo com a nova coroação, Jurie foi detida na última quinta (8) por supostamente ter machucado De Silva ao remover a coroa de sua cabeça. Ela pagou fiança, mas em seguida anunciou que desistiria de seu título e divulgou um vídeo se justificando. "Sempre defenderei o que acredito ser certo", disse ela, ainda com sua coroa e faixa. "Todo concurso de beleza tem um conjunto de regras e regulamentos. O que eu estava defendendo desde o início era uma competição justa. As regras não existem para que possamos encontrar brechas para que possamos vencer a qualquer custo." Jurie ainda afirmou que o concurso Mrs. Mundo não foi criado para discriminar mulheres divorciadas ou separadas, mas para celebrar os sonhos das mulheres casadas. Ela termina afirmando: "agora estou pronta para entregar a coroa", antes de remover a coroa de sua cabeça.