Caminhoneiro que usava cano de PVC para acelerar é flagrado dirigido bêbado

Sistema caseiro montado pelo motorista foi feito com canos de PVC e amarrado com arame. (Foto: Reprodução/PRF)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Sem a perna esquerda, caminhoneiro utilizava um sistema feito de canos de PVC para acelerar o veículo

  • Motorista, que estava dirigindo embriagado no momento do flagrante, também não tinha CNH

Um caminhoneiro foi detido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), no fim da tarde desta quarta-feira (2), após ser flagrado dirigindo bêbado, em Santa Terezina de Itaipu, no Paraná. O que chamou a atenção dos policiais, no entanto, foi o fato de o motorista não ter uma perna e utilizar um cano de PVC para acelerar o veículo.

O flagra aconteceu durante uma fiscalização de rotina, quando o motorista foi parado e submetido ao teste do bafômetro. O teste de embriaguez apontou a presença de álcool em seu organismo. A surpresa dos policiais foi quando o motorista revelou uma gambiarra que utilizava para acionar o acelerador do caminhão.

Leia também

Sem a perna esquerda, ele elaborou um sistema com dois canos de PVC, amarrados por um arame, que pressionava o acelerador ao ser manejado com uma das mãos. As informações são do portal UOL.

Assista e entenda:

A PRF ainda informou que o motorista de 48 anos, que não foi identificado, não possuía a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O caminhão não transportava nenhuma carga no momento da fiscalização.

O motorista foi conduzido à Polícia Civil de Santa Terezinha de Itaipu, onde foi feito um registro do crime de embriaguez ao volante. Ele ainda terá que pagar uma multa no valor de R$ 2.934,70. A pena para quem é flagrado dirigindo embriagado vai de seis meses a três anos de reclusão.