Ludmilla apoia motoboy que foi vítima de racismo: "Somos maiores que isso"

Amanda Caroline
·3 minuto de leitura
A cantora prestou solidariedade ao entregador que foi alvo de ofensas racistas e classistas (Foto: Reprodução/Instagram @ludmilla)
A cantora prestou solidariedade ao entregador que foi alvo de ofensas racistas e classistas (Foto: Reprodução/Instagram @ludmilla)

Ludmilla saiu em defesa do motoboy que foi vítima de racismo em Valinhos, interior de São Paulo, no fim de julho. Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra um homem branco humilhando um entregador de aplicativo negro dentro de um condomínio de alto padrão da cidade.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

A cantora, que já foi alvo de ofensas preconceituosas, compartilhou o registro e apoiou o jovem Matheus Pires, de 19 anos. “Matheus não deveria ter passado por aquilo, assim como nenhum outro preto deveria sofrer por causa da cor da sua pele. Vamos continuar fazendo barulho e chamando atenção para isso. Não vamos nos calar mais”, dispara em post no Instagram.

Leia também

“O que esse homem branco viu como desvantagem, a gente sabe que é algo sagrado. Carregamos a história dos nossos ancestrais na nossa pele preta com muito orgulho. (...) E ainda incomoda muita gente branca ver que nossa história não é a que eles querem contar da gente, de pessoas submissas, escravizadas... Somos muito maiores do que isso e vamos nós mesmos contar as nossas histórias”, completa.

Confira na íntegra:

Luciano Huck também se posicionou sobre o caso. “Vergonha, tristeza e revolta. Matheus foi corajoso e não abaixou a cabeça para o preconceito. Esse vídeo é revoltante”, comenta o apresentador.

Confira mais manifestações de artistas:

Lucy Ramos

Mc Guimê

Felipe Andreoli

Marilia Mendonça

Gregório Duvivier