Mostra de Cinema de SP premia 'Aftersun' e 'Exu e o Universo'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Mostra Internacional de Cinema de São Paulo chegou à sua reta final nesta quarta-feira, em cerimônia de encerramento que exibiu "Até os Ossos", de Luca Guadagnino, e premiou "Aftersun" com o troféu Bandeira Paulista.

Disputado e elogiado em sua passagem pelo Festival de Cannes, em maio, o longa de Charlotte Wells é um ensaio sobre o poder da memória e mostra uma mulher que relembra seu último verão ao lado do pai.

Formado por André Novais, Lina Chamie e Rodrigo Areias, o júri ainda distribuiu menções honrosas ao ator Ali Junejo, por "Joyland", de Saim Sadiq, à atriz Zelda Samsom, por "Dalva", de Emmanuelle Nicout, e ao longa "Salgueiros Cegos, Mulher Dormindo", de Pierre Földes. As obras foram escolhidas a partir dos mais bem avaliados pelo público dentro da seção de novos diretores.

Também recebem o troféu os mais votados pelos espectadores, que neste ano foram a ficção "Nayola", de José Miguel Ribeiro, e o documentário "Marcha sobre Roma", de Mark Cousins. Os brasileiros escolhidos foram "Exu e o Universo", de Thiago Zanato, e "O Mestre da Fumaça", de André Sigwalt e Augusto Soares.

Já o prêmio da crítica foi para o nacional "Elis e Tom, Só Tinha de Ser com Você", de Roberto de Oliveira, e o italiano "Noite Exterior", de Marco Bellocchio. A Abraccine, Associação Brasileira de Críticos de Cinema, escolheu, entre os diretores brasileiros estreantes, Sandro Kakabadze, de "À Margem do Ouro", para receber seu troféu.

Entre os projetos não finalizados, "Walala", de Perseu Azul, foi agraciado com o prêmio Paradiso, destinado ao fomento de filmes que ainda estão em desenvolvimento. O cineasta Jorge Bodanzky recebeu o prêmio Humanidade.

Apesar de a 46ª edição da Mostra de Cinema de São Paulo ter chegado, oficialmente, ao fim, a partir desta quinta-feira o Cinesesc recebe sessões da tradicional repescagem.

Ao todo, 24 filmes podem ser vistos ou revistos pelo público, em exibições que vão até o dia 9 de novembro. Entre eles estão o grande premiado "Aftersun", que encerra a programação deste ano.

Também estão inclusos na lista "Pacifiction", "A Mãe e a Puta", "All The Beauty and the Bloodshed", "Noite Exterior", "Racionais: Das Ruas de São Paulo pro Mundo", "Nayola", "Joyland" e "Salgueiros Cegos, Mulher Dormindo". Os ingressos custam entre R$ 24 e R$ 30.