Morte de Daniella Perez completa 30 anos; Gloria Perez compartilha homenagem à filha

Artista foi assassinada em 28 de dezembro de 1992 por Guilherme de Pádua e Paula Thomaz

Daniella Perez em trecho do documentário
Daniella Perez em trecho do documentário "Pacto Brutal". (Foto: Divulgação/HBO Max)

Resumo da notícia:

  • Gloria Perez publicou um vídeo especial para lembrar dos 30 anos sem a filha

  • Famosos comentam sobre a saudade que Daniella Perez faz

  • Relembre o assassinato da atriz

Em 28 de dezembro de 1992, Daniella Perez era assassinada por seu colega de elenco, Guilherme de Pádua e a então mulher dele, Paula Thomaz. A atriz tinha apenas 22 anos quando foi morta e, desde então, sua mãe, Glória Perez, trata de manter a memória da artista viva. No aniversário de 30 anos do ataque brutal sofrido por Daniella, a autora de "Travessia" homenageou a filha com um post nas redes sociais.

"28/12/1992. 30 anos de saudade. O Jazz da Carlota Portela foi a segunda casa da Dany. E nesse 2022 eles fizeram uma linda e emocionante celebração da sua vida: ela voltou a dançar com os integrantes do grupo com quem dançou no espetáculo de fim de ano daquele 1992".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

No vídeo compartilhado pela autora, bailarinos fazem a mesma coreografia do grupo de dança de 1992. A projeção de Daniella aconteceu no telão ao fundo, em sua apresentação para a escola de Jazz. Em certo momento, todos os artistas se sentam no palco e se viram para o telão, apenas para mostrar respeito e apreciar a última dança de Daniella Perez.

Então, a apresentação finaliza com fotos e vídeos de Daniella no telão e os dançarinos se abraçando em sinal de respeito à artista que a filha de Gloria foi. Por fim, o show de encerra com uma foto de Daniella e Gloria. Os responsáveis pelo espetáculo afirmam que a escritora compareceria ao evento, mas estava com suspeita de Covid. No entanto, o irmão da atriz esteve presente.

Na legenda, diversos famosos comentaram sobre a data e a homenagem. "Coisa mais linda Dani", disse Marcelo Serrado. "Saudade, saudade, saudade" comentou Leda Nagle. Além deles, Humberto Martins, Silvia Buarque e Letícia Sabatella também comentaram corações.

O assassinato de Daniella Perez

O dia 28 de dezembro de 1992 foi marcado por comoção nacional após o desaparecimento da atriz Daniella Perez. A atriz estava no auge da carreira quando foi raptada e morta brutalmente pelo também ator Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz. A filha de Gloria e o assassino atuaram juntos na novela "De Corpo e Alma", e o motivo do homicídio se deu por Guilherme se sentir com pouco tempo de tela, além de perder o par romântico com a personagem de Daniella. Ela foi morta com 18 perfurações no corpo, sendo a maioria no coração.

Na época, a atriz era casada com Raul Gazolla. Em julho, a HBO Max lançou o documentário "Pacto Brutal", que mostra detalhes da vida de Daniella e do assassinato da artista. Com a repercussão, o crime voltou à tona.

Meses depois, no último 6 de novembro, Guilherme de Pádua faleceu, aos 53 anos, após um infarto fulminante. A notícia foi dada pelo pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, que Pádua também fazia parte.