Morte da Rainha Elizabeth II causa luto coletivo e especialista explica motivo. Confira!

Getty Images
Getty Images

A morte da Rainha Elizabeth II, aos 96 anos causou um sentimento de luto coletivo. Monarca com o reinado mais longo da história – ocupou o trono por 70 anos – a majestade vinha dando sinais de fragilidade nos últimos meses. No dia 8 de setembro foi anunciado o seu falecimento, em Balmoral, no Reino Unido.

O psicólogo André Barbosa, que atua na terapia cognitivo-comportamental, explica o que gerou essa sensação de perda em todo o mundo. "Simbolicamente, o povo britânico amanheceu órfão de mãe. Se aqui ela é querida, lá ela é reverenciada", afirma.

André, que morou por 3 anos na Inglaterra, e pode atestar o quando a Rainha Elizabeth II era querida. "Seja porque foi o reino que mais se expandiu em território, porque foi a família real que mais rendeu cobertura entre tabloides, filmes, livros, moda... ou porque foi a rainha que simbolizou a resistência contra o nazismo, a Rainha Elizabeth esteve presente nos principais momentos históricos das últimas décadas", comenta.

"Portanto, mesmo involuntariamente, ela fez parte dos nossos lares, das nossas casas, da nossa família. Todos tinham o sentimento de ser próximos daquela velhinha simpática e querida", acrescenta.

Família Real passará por 5 fases do luto

O psicólogo explica que o sentimento de luto coletivo vai ser processado pela população de maneira natural. "Será mais uma dessas pessoas especiais que saem da vida para marcar a história". Já em relação aos familiares de sangue, André...

Veja mais


Veja também

Morte da Rainha Elizabeth II: Meghan Markle e Harry homenageiam a monarca. Confira!
Por que João Guilherme faz sucesso com as mulheres? Ator explica motivo. Confira!
Noiva, Fernanda Paes Leme revela que casamento não terá padrinhos e explica motivo. Confira!