Morre Tempest Storm, atriz burlesca que namorou John F. Kennedy e Elvis

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz burlesca, Tempest Storm, 93, morreu em seu apartamento em Las Vegas, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (20). Ela havia feito uma cirurgia no quadril em 8 de abril e sofria com o avanço da demência. Nascida Annie Blanche Bank em 1928, em Eastman, Geórgia, Tempest mudou-se para Hollywood e começou a dançar com o nome de Tempest Storm. Em Los Angeles, ficou amiga de sua vizinha, a atriz Marilyn Monroe. Tempest se tornou a artista burlesca mais bem paga da história após assinar um contrato de 10 anos de US$ 100 mil (R$ 545 mil), por ano, com a rede de burlescos Bryan-Engels. Ela também teve seus seios segurados por US $ 1 milhão (R$ 5,4 milhão) pelo Lloyd's de Londres. Em 1955, apareceu no último filme de Bettie Page, Teaserama,e estrelou em vários outros filmes de exploração, incluindo The French Peep Show (1949), Paris After Midnight (1951) e Striptease Girl (1952). Entre os namorados famosos da atriz, estão Elvis Presley, Mickey Rooney, Louis Armstrong, Sammy Davis Jr. e o gangster Mickey Cohen. Ela também se relacionou com o ex-presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy, quando ele era senador. "Eu o conheci [Kennedy] em 1957, quando ele era senador. Foi um ótimo relacionamento. Ele era um grande homem na política e tudo mais. Eu não o via há anos, e a última vez que o vi, disse: 'Você vai ser presidente", falou a atriz. Ele disse para ela: "Espero que você esteja certa". Tempest se casou três vezes com o ator e músico de jazz Herb Jeffries, da Orquestra Duke Ellington, teve uma filha Patricia.