Morre o Kirk Douglas, astro da era de ouro de Hollywood, aos 103 anos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Morreu nesta quarta (5) o ator americano Kirk Douglas, aos 103 anos.

Douglas atuou em filmes como "Spartacus" (1960) e "Glória Feita de Sangue" (1957). Foi indicado ao Oscar por "O Invencível" (1949), "Assim Estava Escrito" (1952) e "Sede de Viver" (1956).

Em 1996, ganhou um Oscar honorário, em celebração a seus então 50 anos de carreira.

"É com tremenda tristeza que meus irmãos e eu anunciamos que Kirk Douglas nos deixou hoje aos 103 anos", escreveu o filho Michael Douglas em comunicado postado nas redes sociais. "Para o mundo, ele era uma lenda, um ator da era de ouro dos filmes que viveu seus anos dourados, um humanitário cujo compromisso com a justiça e as causas que ele acreditava estabeleceram um padrão para todos nós aspirarmos."

Nascido Issur Danielovitch, filho de judeus russos, Douglas, que adotou esse nome nos Estados Unidos, passou boa parte da vida afastado da religião.

O ator deixa a esposa Anne Buydens, de cem anos, e os filhos Michael, Joel e Peter. Seu filho Eric morreu em 2004.