Morre o eterno Sargento Pincel, Roberto Guilherme, aos 84 anos

Roberto Guilherme, o Sargento Pincel, morreu aos 84 anos (foto: Imprensa Globo/TV Globo)
Roberto Guilherme, o Sargento Pincel, morreu aos 84 anos (foto: Imprensa Globo/TV Globo)

Resumo da Notícia:

  • Roberto Guilherme morreu em um hospital no Rio de Janeiro

  • O humorista ficou conhecido ao viver o Sargento Pincel

  • Ele trabalhou em "Os Trapalhões”, “Turma do Didi” e "Zorra"

Morreu nesta quinta-feira (10) o ator e humorista Roberto Guilherme. Ele ficou conhecido pelo público como o ranzinza Sargento Pincel em “Os Trapalhões” e na “Turma do Didi”, além de fazer parte do elenco do "Zorra" - todos na Globo.

Aos 84 anos, o ator estava internado na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro. Nos últimos anos ele enfrentava um câncer e precisou de suporte médico nas últimas semanas. A informação foi confirmada ao Metrópoles pela família do artista e por Lílian Aragão, a esposa de Renato Aragão.

Ele trabalhou com Renato, e os outros Trapalhões, por mais de 30 anos e o personagem ficou na memória dos brasileiros seja no programa de TV ou nos filmes do grupo. “Descansa em paz, melhor pai, marido, avô e amigo do mundo. Deus te receba nos braços. amor eterno”, compartilhou o perfil do artista no Instagram.

Biografia

Antes de pensar em ser ator, aos 14 anos ele trabalhou como jogador profissional de futebol, como ponta-esquerda, no Clube de Regatas Vasco da Gama. No serviço militar, quatro anos depois, se formou paraquedista e uniu o esporte ao trabalho no quartel.

Exímio jogador, chegou a disputar partidas pela Seleção Brasileira Militar de Futebol ao lado de Pelé. Ele chegou a viajar com o time e jogar nos Estados Unidos, Inglaterra, Panamá, e Colômbia, e foi consagrado campeão sul-americano na categoria que pertencia.

Estreou na TV na década de 60 e conheceu Renato Aragão em 1963, na TV Excelsior. Eles dividiram a tela pela primeira vez no programa “Um Dois, Feijão Com Arroz”, de 1965, que contava com Dedé Santana, Dary Reis e Átila Iório no elenco.

Em seguida entrou para o time fixo do “Adoráveis Trapalhões”, que era protagonizado por Didi, Ted Boy Marino, Ivon Cury e Wanderley Cardoso. O Sargento Pincel nasceu na TV Record, no programa "Quartel do Barulho", em 1966.

Durante o programa "Os Insociáveis", que ficou no ar entre 1971 e 1974, ele se uniu a Didi, Dedé, Mussum e a cantora Vanusa. Em 1975 Vanusa saiu do grupo e Zacarias entrou para a estreia de “Os Trapalhões” na Tupi, Roberto fazia parte do elenco de apoio da atração.

Participou do “Viva o Gordo” e “Balança Mais Não Cai”, na Globo, em 1980, mas foi no retorno de "Os Trapalhões", que ficou consagrado na memória do público.

*Texto em atualização