Morre Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, aos 80 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Charlie Watts credit:Bang Showbiz
Charlie Watts credit:Bang Showbiz

O baterista dos Rolling Stones, Charlie Watts, morreu aos 80 anos nesta terça-feira (24).

A morte do icônico músico, que foi um dos membros originais da banda britânica, foi confirmada por seu assessor, Bernard Doherty.

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte do nosso amado Charlie Watts. Ele faleceu pacificamente em um hospital de Londres hoje cedo, cercado por sua família. Charlie era um marido, pai e avô querido e também, como membro dos Rolling Stones, um dos maiores bateristas de sua geração. Pedimos encarecidamente que a privacidade de sua família, integrantes da banda e amigos próximos seja respeitada neste momento difícil", dizia o comunicado de Bernard.

Até o momento desta publicação, a causa da morte não foi confirmada, mas seu falecimento ocorreu poucas semanas após Charlie passar por uma cirurgia cardíaca de emergência.

Na ocasião, a equipe médica responsável pelo artista recomendou que ele não retornasse aos palcos com a banda de rock até se recuperar.

Charlie era considerado um dos melhores bateristas do mundo e é o único membro dos Rolling Stones - além de Mick Jagger e Keith Richards - a ter participado de todos os álbuns de estúdio do grupo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos