Morre Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, aos 80 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
10/06/18.SCOTLAND V ENGLAND.THE GRANGE - EDINBURGH.Rolling Stones drummer Charlie Watts   (Photo by Rob Casey/SNS Group via Getty Images)
Charlie Watts sorri em evento no Reino Unido: baterista dos Rolling Stones foi um dos grandes músicos da sua geração (Foto de Rob Casey/SNS Group via Getty Images)

Resumo da notícia:

  • Charlie Watts, lendário baterista dos Rolling Stones, morreu aos 80 anos, no Reino Unido

  • A causa da morte do músico, um dos maiores da sua geração, não foi divulgada

  • No início do mês, Watts lamentou ter que se afastar dos ensaios da banda por um problema de saúde

Charlie Watts, lendário baterista dos Rolling Stones, morreu aos 80 anos nesta terça-feira (24). A informação foi confirmada em comunicado pela banda. A causa da morte não foi divulgada.

"Com imensa tristeza, comunicamos a morte do nosso querido Charlie Watts. Ele faleceu tranquilamente ao redor da sua família em um hospital de Londres", escreveu a banda nas redes sociais.

Leia também:

"Charlie foi um marido, pai e avô estimado e também um membro dos Rolling Stones, além de um dos grandes bateristas da sua geração. Nós pedimos privacidade à família e aos membros da banda neste momento difícil", completou o texto.

O músico havia sido internado no início do mês de agosto. Ele passou por um procedimento cirúrgico não-revelado e, na época, e chegou a se queixar do problema de saúde publicamente.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Com os ensaios começando em algumas semanas, isso (afastar-se do trabalho) é muito decepcionante para dizer o mínimo, mas também é justo afirmar que ninguém previu isso", escreveu Watts na época. O músico já havia passado por um tratamento contra um câncer de garganta em 2004.

"Pela primeira vez, meu ritmo tem estado um pouco estranho. Tenho trabalhado duro para estar completamente bem, mas hoje eu devo aceitar os conselhos dos especialistas que isso demorar mais um pouco", complementou o músico.

Carreira e vida pessoal

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Integrante dos Rolling Stones desde 1963, um ano depois da formação, Charlie Watts será lembrado como um homem elegante e pela reputação como o "homem mais quieto e descolado da banda". Apaixonado pelo jazz e do blues, o músico criou um jeito próprio de tocar e até de manipular as peles da bateria.

Com o seu jeito único de levantar as baquetas, o músico entrou para a história da música por causa da precisão. Escondido na "cozinha" de uma banda lendária, que sempre se destacou pelo ritmo, ele provavelmente recebeu menos homenagens do que merecia em vida.

É difícil imaginar como clássicos como "Gimme Shelter", "19th Nervous Breakdown", e, principalmente, "Get Off of My Cloud" nasceriam sem a colaboração preciosa do britânico. Ele foi um dos responsáveis por elevar o som dos Stones, fazendo com que a banda nunca se limitasse às regras do rock.

Avesso ao mundo de glamour da música, Watts era casado desde 1964 com Shirley Ann Shephard, com quem tem uma filha, Seraphina. Questionado pela NME certa vez a razão do sucesso do seu casamento, ele respondeu: “porque, na verdade, não sou um astro do rock”. E era verdade.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos