Morre Barbara Walters, lenda do jornalismo nos EUA, aos 93 anos

Morre Barbara Walters, lenda do jornalismo nos EUA, aos 93 anos (Foto: AP/Evan Agostini/Arquivo)
Morre Barbara Walters, lenda do jornalismo nos EUA, aos 93 anos (Foto: AP/Evan Agostini/Arquivo)

Primeira âncora feminina em um noticiário noturno nos Estados Unidos, Barbara Walters morreu aos 93 anos, na última sexta-feira (30), em sua residência em Nova York. A informação foi confirmada pela ABC News, emissora em que a jornalista trabalhava, mas a causa da morte não foi revelada.

Pioneira em uma carreira antes dominada por homens, Walters se tornou destaque na TV e, ao longo dos anos, ganhou notoriedade por sua excelência em entrevistas, comandando, inclusive, entre 2002 e 2013, o programa "The Barbara Walters Special", focado no segmento jornalístico.

Seu currículo inclui conversas com diversos líderes mundiais, como Fidel Castro, de Cuba; Saddam Hussein, do Iraque; Margaret Thatcher, da Grã-Bretanha; e Vladimir Putin, da Rússia. A jornalista também entrevistou celebridades e, por quase três décadas, organizou entrevistas com os indicados ao Oscar, maior prêmio do cinema.

Em 1997, ela criou o talk show feminino "The View", apresentado por Walters até 2014, quando passou o comando para as colegas de bancada, lideradas pela atriz Whoopi Goldberg, que estreou na função em 2007 e continua até hoje no programa. A jornalista Sara Haines, a advogada Sunny Hostin e as estrategistas políticas Ana Navarro e Alyssa Farah Griffin completam o elenco atual da atração.

Em mais de cinco décadas de carreira, Walters foi indicada 12 vezes ao Primetime Emmy Awards, um dos prêmios mais importantes da televisão, com o "The Barbara Walters Special", vencendo em seu primeiro ano na disputa.