Morre a atriz Marilu Bueno aos 82 anos no Rio de Janeiro

Morre a atriz Marilu Bueno, no Rio (foto: Globo / Divulgação)
Morre a atriz Marilu Bueno, no Rio (foto: Globo / Divulgação)

Resumo da Notícia:

  • Marilu Bueno morreu aos 82 anos após quase um mês de internação hospitalar

  • O último trabalho da atriz na TV foi em 2020, em "Salve-se Quem Puder"

  • Com mais de 60 anos de carreira, ela tinha uma veia cômica única

Morreu na tarde desta quarta-feira (22) a atriz Marilu Bueno, aos 82 anos, no Rio de Janeiro. O óbito foi confirmado pelo hospital municipal Miguel Couto, onde ela estava internada desde o fim de maio de deste ano.

"A direção do Hospital Municipal Miguel Couto lamenta informar que a paciente Maria Luiza Bueno, conhecida como Marilu Bueno, faleceu na tarde desta quarta-feira, 22 de junho. Ela estava internada na unidade desde o final de maio e vinha recebendo todos os cuidados indicados para o quadro", disse o centro médico.

A atriz estava internada no hospital desde o último dia 27 e os motivos que a levaram ao local não foram revelados pela Secretaria Municipal de Saúde, que faz a gestão do local. Fontes do Yahoo dão conta que ela sofria de problemas no aparelho digestório e piorou após ser submetida a uma cirurgia. Na quinta-feira (16), seu quadro se agravou e ela chegou a ser sedada e entubada, mas não apresentou melhora.

Seu trabalho mais recente na TV foi em 2020 quando participou da novela das sete “Salve-se Quem Puder” como a Dulce. Com mais de 60 anos de carreira, ela se consagrou com diversos trabalhos no teatro, no cinema e na televisão. Sem filhos, Marilu morava sozinha no Rio de Janeiro.

Carreira

A atriz sempre foi muito versátil e tinha uma veia cômica afiada, que foi explorada ao máximo durante a carreira. Estreou em 1972, na trama “O Bofe” (Globo, 1972) e emendou em novelas clássicas como: “Estúpido Cupido” (1976), “A Gata Comeu” (1985) e “Quatro por quatro” (1994).

Marilu também atuou em “Coração de Estudante” (2002), “Da Cor do Pecado” (2004) e “Êta Mundo Bom” (2016). Ela foi uma das poucas atrizes a participar das duas versões da novela “Guerra dos Sexos”, em 1983 e 2012, quando foi feito o remake.

Entre 1996 e 1998 ela ganhou o público infantil ao viver a Fada Margarida na novela infantil “Caça Talentos”, protagonizada por Angélica e apresentada nas manhãs da Globo. Nos anos 2000, chegou ao elenco do “Sítio do Picapau Amarelo” como a Dona Carochinha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos