Monique Evans desabafa sobre ataques homofóbicos: 'Já sofri muito'

Apresentadora pede respeito e tolerância para os haters (Reprodução/instagram.com/moniquevansreal)
Apresentadora pede respeito e tolerância para os haters (Reprodução/instagram.com/moniquevansreal)

A apresentadora Monique Evans, 62, mais uma vez usou as redes sociais para desabafar e soltar o verbo contra as agressões e os ataques homofóbicos que costuma receber de alguns internautas.

Namorando a DJ Cacá Werneck, 32, há vários anos, a loira abriu o coração no Instagram. “Sou Monique, tenho 62 anos, dois filhos e uma neta, tenho borderline e sou uma sobrevivente. Queria dizer que as palavras MATAM! Pessoas inconsequentes criticam, magoam, agridem gratuitamente na internet, e pra quê? Vocês deveriam procurar saber a consequência que isso acarretou na vida da pessoa. Saibam que muitos procuram beber, se drogar, e até se matar. Já sofri muito com isso”, disse ela.

Leia mais:
Pabllo Vittar esconde olho roxo e usa look exótico em evento de São Paulo
Carioca, ex-integrante do ‘Pânico’, é aposta da Globo para salvar ‘Vídeo Show’

Na postagem divulgada em seu perfil, Monique Evans ainda fez questão de garantir que ela tem orgulho do que é e da sua relação com a companheira. “Saibam que me orgulho do que fiz e do que sou. Mas saibam também que vocês podem ser assassinos e nunca terem pensado nisso. Acredito na justiça divina”, declarou a famosa na web.