Monica Lewinsky pede que Beyoncé altere música que cita caso com Clinton

***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 13.09.2013 - Show da cantora norte americana Beyoncé durante o festival Rock in Rio, na zona oeste da cidade. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 13.09.2013 - Show da cantora norte americana Beyoncé durante o festival Rock in Rio, na zona oeste da cidade. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Monica Lewinsky, 49, aproveitou a onda de mudanças no novo álbum de Beyoncé, 40, para pleitear a alteração da letra de "Partition". A ex-estagiária da Casa Branca quer que a cantora remova um trecho da música que menciona seu caso com o então presidente, Bill Clinton.

Na música, de 2013, Beyoncé canta versos que falam algo como: "Ele estourou todos os meus botões e rasgou minha blusa, e como a Monica Lewinsky ele gozou no meu vestido". Um ano depois do lançamento, a hoje ativista agradeceu ser incluída na música, mas sugeriu uma mudança na letra.

Agora, ela usou as redes sociais para reforçar o pedido. Ela compartilhou uma notícia sobre a mudança da letra de "Heated", faixa do recém-lançado "Renaissance", e comentou. "Uhmm, enquanto estamos nisso... #Partition", escreveu.

"Heated" teve sua letra alterada após algumas pessoas acusarem a música de ser ofensiva às pessoas com paralisia cerebral. A canção tinha a palavra "spaz", termo pejorativo usado para falar de pessoas com diplegia espástica, uma forma de paralisia cerebral que afeta ambas as pernas.

Outra faixa que precisou ser modificada foi "Energy". Isso porque a versão original da música irritou a cantora Kelis, que era citada musicalmente na canção com elementos de "Milkshake", do duo Neptunes —formado por Pharrell Williams e Chad Hugo— e interpretada por ela.

Mesmo com os devidos créditos à faixa original em seu site, Kelis reclamou que a citação, vista de forma elogiosa por alguns fãs, como "roubo" em um comentário nas redes sociais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos