Por papel em ‘A Dona do Pedaço’, Monica Iozzi desvenda universo de webcelebridades

Monica Iozzi. Foto: Roberto Filho/Brazil News

Por Giselle de Almeida

Conhecida por suas opiniões nas redes sociais, Monica Iozzi desvendou um outro lado da internet para entender Kim, sua personagem na próxima novela das nove, “A Dona do Pedaço”, que estreia dia 20. A empresária é o braço direito da popular Vivi Guedes (Paolla Oliveira) e futuramente de Josiane (Agatha Moreira). Depois de se aprofundar nas engrenagens do universo das it girls, concluiu que, por mais espontânea que uma celebridade da web aparente ser, existe um trabalho constante de uma numerosa equipe de profissionais para garantir os mimos, os likes e, claro, os cachês.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Muitas dessas influenciadoras digitais eu não conhecia. Estou seguindo muita gente de fora do Brasil. Meu olhar mudou no sentido de entender que não é uma pessoa que botou uma roupa e fez uma foto em casa. Existe uma megaestrutura: stylist, maquiador, fotógrafo... Elas têm uma pequena empresa pra gerar conteúdo, gerar tendência e causar impacto. Ver esse nível de profissionalismo foi interessante pra saber o quanto o trabalho da minha personagem é importante”, explicou.

Pessoas dos bastidores do mundo da moda, como Erika Palomino e Lilian Pacce, serviram de inspiração para a atriz, que já se interessava pelo tema, mas agora está mais atenta aos detalhes. “Quando vejo uma foto de um editorial, reparo no cenário, na luz... Estou pesquisando muito e encantada. Estilistas são artistas, a moda é uma forma de linguagem”, disse.

Leia mais: Influencer em novela, Paolla Oliveira opta por naturalidade: 'Com a minha cara'

Para o papel, Monica propôs o visual platinado, ao qual ainda está se acostumando. Apesar de se preferir morena, não pensou duas vezes antes de descolorir os fios. “São detalhes que fazem toda a diferença na composição da personagem. Cabia a essa mulher ter esse diferencial, ela tinha que ter esse impacto, ela não passa despercebida”, afirmou.

Egoísta e excêntrica é como a intérprete define a personagem, que troca suas rusgas com Vivi quando convém, e não se furta de investir em um homem comprometido, como é o caso de Márcio (Anderson di Rizzi). “Se ela tiver que magoar a esposa dele pra conseguir ficar com ele, que pena... Por enquanto, não vejo maldade, mas ela é um pouco desajustada. Ela não tem filtro e toma atitudes que eu jamais tomaria na vida”, admitiu.

Kim (Monica Iozzi), em "A Dona do Pedaço". Foto: João Cotta/TV Globo

'Não estou em rede social por número de gente’

Se as redes sociais são instrumento de trabalho para Kim, para Monica continuam sendo seu meio de se expressar com seu público. Mas nada de textões no Facebook ou críticas no Twitter, redes que ela abandonou. “Existe uma leveza ainda no Instagram, que se perdeu no Facebook. Eu ouvi: ‘Sua louca, vai perder milhões de seguidores!’. Mas eu não estou em rede social por número de gente, e sim para me comunicar. Quem quiser me ouvir, tudo bem”, contou ela, que não se abstém de falar de política, um assunto que lhe interessa. “Continuo falando ou eu implodo, desenvolvo um câncer.”

Depois de uma passagem bem-sucedida pelo extinto ‘Video Show’, Monica não descarta voltar a apresentar um programa. “Nunca foi abandono, mas estava com saudade de trabalhar como atriz, e eu tinha um convite para fazer uma série. Pretendo voltar, mas tem que ser uma coisa que tenha a minha cara, a minha assinatura. Não vai demorar muito”, disse. “Fiquei triste com o fim do ‘Video Show’, eu o levo no coração, e acho que ele cumpriu seu papel. Muita gente apareceu ali, fiquei muito feliz de ter participado. Foi um divisor de águas.”