Monalisa Perrone pede demissão da Globo para ancorar telejornal na CNN Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A jornalista Monalisa Perrone, 49, que apresentava o Hora Um nas manhãs da Globo, pediu demissão após 20 anos de carreira na emissora.

Ela aceitou o convite da CNN Brasil para ancorar um dos "produtos do horário nobre" junto a William Waack. A jornalista comandará um programa diário com o "apoio de comentaristas de política e economia e convidados diversos, que debaterão os temas mais relevantes do Brasil e do mundo", confirmou a emissora. 

Na Globo, Perrone estava no comando do Hora Um desde a estreia do telejornal, em 2014. Foi com ela, que a "Globo conseguiu retomar a liderança absoluta no horário matutino",  disse a CNN em nota. 

"A Monalisa Perrone é uma apresentadora competente que por muito tempo permaneceu na TV aberta, sempre com uma audiência de milhões de telespectadores. Sua decisão de vir para a CNN Brasil  é mais uma prova da força, da credibilidade e da seriedade da marca e do projeto que estamos desenvolvendo", destaca Douglas Tavolaro, CEO e fundador da CNN Brasil.

No ano passado, o Hora Um ganhou uma hora a mais, e passou a ser exibido das 4h às 6h. Na época, Monalisa Perrone disse, em entrevista à Folha de S.Paulo, que o novo horário não seria um problema para ela."É claro que todo o mundo me pergunta como consigo manter essa rotina, e eu digo que a disciplina é a minha sócia", contou Perrone. 

Na Globo, a jornalista ainda foi repórter de diversos jornais e fez a narração de cobertura do Carnaval com Chico Pinheiro por alguns anos. Foi, ainda, apresentadora eventual do SPTV, Bom Dia São Paulo e do Bom Dia Brasil. Passou pelo rodízio do Jornal Hoje e, em 2016, fez sua estreia na equipe de apresentadores de sábado do Jornal Nacional. 

OUTRAS CONTRATAÇÕES

Em junho deste ano, a CNN Brasil anunciou as suas primeiras contratações: os jornalistas William Waack e Evaristo Costa. Waack comandará um telejornal diário, no horário nobre da CNN Brasil. O programa terá amplo espaço dedicado à cobertura das editorias de política, economia e internacional, áreas que são especialidades do jornalista, que também fará entrevistas e análises. 

Já Costa ficará no comando de um programa semanal, apresentado direto dos estúdios da emissora em Londres. O apresentador, que mora na Inglaterra há dois anos, estará à frente de uma revista eletrônica que vai mesclar jornalismo e entretenimento. 

O casal de repórteres queridinho da Globo, Phelipe Siani, 34, e Mari Palma, 30, anunciaram, em julho, a saída da Globo. Logo depois, eles foram anunciados como contratados oficiais da CNN Brasil.