Modelo recebe ameaças de estupro após compartilhar fotos com as pernas peludas

A modelo sueca Arvida Byström recebeu ameaças de estupro após posar para uma campanha da Adidas com as pernas peludas [Foto: YouTube/Adidas Originals]

Ter pelos no corpo não deveria ser motivo para polêmica, mas infelizmente esta não é a opinião de algumas pessoas, conforme a modelo sueca Arvida Byström descobriu recentemente.

Depois de mostrar suas pernas não depiladas numa recente campanha da Adidas, a modelo de 26 anos ficou chocada quando começou a receber comentários abusivos nas redes sociais. Ao publicar uma foto no Instagram, Arvida recebeu até mensagens diretas, contendo ameaças de estupro.

“Minha foto da campanha @adidasoriginals recebeu muitos comentários ruins na semana passada. Eu não tenho nenhuma deficiência, sou branca, cisgênero, e tenho pelos nas pernas como a única característica que não condiz com a sociedade atual,” escreveu ela, numa publicação.

“Eu literalmente recebi ameaças de estupro na minha caixa de mensagens. Nem posso começar a imaginar como é não possuir todos estes privilégios e tentar existir neste mundo. Estou enviando amor e peço que vocês tentem lembrar que nem todos nós temos a mesma experiência como pessoas. Obrigada pelo amor, pois também recebi muito disso”.

Felizmente a fotógrafa e modelo, que foi descrita pela Adidas como alguém que “questiona a feminilidade e os padrões de gênero usando uma estética considerada feminina”, está recebendo o apoio da maioria de seus 196 mil seguidores.


Minha foto da campanha @adidasoriginals recebeu muitos comentários ruins na semana passada. Eu não tenho nenhuma deficiência, sou branca, cisgênero, e tenho pelos nas pernas como a única característica que não condiz com a sociedade atual. Eu literalmente recebi ameaças de estupro na minha caixa de mensagens. Nem posso começar a imaginar como é não possuir todos estes privilégios e tentar existir neste mundo. Estou enviando amor e peço que vocês tentem lembrar que nem todos nós temos a mesma experiência como pessoas. Obrigada pelo amor, pois também recebi muitas mensagens positivas ❤️❤️❤️❤️

“Eu acho que você é linda. Toda forma natural de beleza é bonita, seja peluda, lisa, irregular, esburacada, seja o que for. As pessoas precisam crescer e parar de viver em uma distopia artificialmente retocada. Continue sendo ousada e expondo a sua opinião, pois ela é necessária e muito válida,” comentou uma fã.

“Isso é exatamente o que eu precisava ver agora, obrigada. Estou me recuperando de uma cirurgia no pé, que me impede de depilar a perna, e eu estou me sentindo nojenta por causa disso,” disse outra seguidora. “Sei que isso é terrível, uma bobagem, antifeminista e misoginia internalizada, etc, o que faz eu me sentir ainda pior por me sentir tão mal. Esta foto fez com que eu me sentisse um pouco melhor comigo mesma hoje, e por isso serei eternamente grata”.


Tentando mostrar algumas celulites e uma cereja com uma covinha.

“Ter pelos não é assustador. Infelizmente os sites pornôs transmitem uma imagem diferente que passa a ser vista como a regra para meninos e meninas,” disse uma figura anônima.

“Seu corpo, sua escolha. Fim da conversa,” afirmava outro comentário.

Parece que ainda temos um longo caminho rumo à aceitação dos pelos corporais, e provavelmente precisaremos de mais pessoas como Arvida, Paris Jackson e Bella Thorne para alcançar este objetivo.