Modelo plus size mostra estrias em foto sem retoques em anúncio na Sports Illustrated

A modelo plus size Denise Bidot mostrará suas estrias em uma imagem sem retoques da campanha da Lane Bryant que estará na edição de biquíni deste ano da Sports Illustrated. (Fotos: Instagram/Denise Bidot)
A modelo plus size Denise Bidot mostrará suas estrias em uma imagem sem retoques da campanha da Lane Bryant que estará na edição de biquíni deste ano da Sports Illustrated. (Fotos: Instagram/Denise Bidot)

Quando Ashley Graham apareceu nas páginas da edição de biquíni da Sports Illustrated em 2015, a imagem fazia parte de um anúncio (o primeiro plus size da história da edição). Quem diria que ela chegaria à tão cobiçada capa um ano depois? Graham abriu caminho para que outras modelos plus size mostrassem suas curvas na revista conhecida mundialmente.

Este ano, a modelo curvilínea Denise Bidot vai mostrar suas estrias, com muito orgulho, em um anúncio, sem retoques, para a campanha da Lane Bryant, uma marca de lingerie e moda praia, que estará na edição 2017 da Sports Illustrated.

“É uma honra estar em um anúncio da @lanebryant nas páginas da @si_swimsuit 2017 completamente sem retoques,” escreveu a modelo na legenda de uma foto sensual sua, usando um biquíni listrado azul e branco. “É incrível fazer parte da mudança que está ajudando as mulheres a entenderem, de uma vez por todas, que ninguém é perfeito. Nós ainda podemos ser belas apesar de nossas imperfeições. É hora de celebrar umas às outras e aprender a amar o nosso corpo”.

“Obrigada @lanebryant por amar o meu corpo, com estrias e tudo,” escreveu ela na legenda de uma foto, semanas antes, mostrando aos fãs outra imagem de biquíni.

Os seguidores de Bidot estão adorando as fotos sem retoques, chamando-a de “incrivelmente sexy” e enviando agradecimentos por ela “ser real”.

Uma usuária do Instagram disse à modelo: “Está sendo muito difícil amar a mim mesma ultimamente. A sua coragem de não apenas amar a si mesma, mas de fazer isso em público, deu a muitas pessoas, inclusive a mim, um grande exemplo de como é aceitar e amar o seu corpo. Obrigada por tudo que você faz, e por favor nunca se esqueça de que você é maravilhosa e merecedora de amor, sem a necessidade de Photoshop”.

Em um vídeo recente, a modelo, que também é fundadora do There Is No Wrong Way To Be A Woman, falou sobre o processo de aprendizado para aceitar suas estrias depois que sua bebê nasceu. A modelo disse que a primeira estria não surgiu até os sete meses e meio de gravidez.

????????#Repost @thestrutbymic ・・・Em 2015, @denisebidot mostrou suas estrias e celulites em um anúncio da @swimsuitsforall. Em 2016, lindas imagens sem retoques de Denise foram divulgadas pela @LaneBryant. E agora, em 2017, um destes anúncios estará nas páginas da @si_swimsuit. Na semana passada, a modelo e fundadora do @thereisnowrongwaytobeawoman falou sobre a autoimagem corporal e diversos assuntos relacionados a ela – incluindo este anúncio pioneiro. Ela falou sobre como aprendeu a aceitar as estrias que surgiram após o nascimento de sua filha @justmejoselyn. “O fato de que as mulheres possam pegar uma Sports Illustrated, que sempre foi uma revista que exibe alguns padrões irreais, na qual até as garotas curvilíneas são retocadas – estou muito orgulhosa por fazer parte desta mudança na nossa indústria,” disse Denise. “Muitas vezes eu ouvi que seria perfeita se mudasse isso ou aquilo, independentemente do projeto. Eu me mantive firme e acreditei em mim mesma. … Para aquela jovem ou mulher adulta que olha para esta edição e diz, “Meu Deus o que é isso,” eu só quero que elas saibam que tudo é possível. Até o impossível – como mostrar as suas estrias e celulites na Sports Illustrated – tudo é factível.”

“Demorou um pouco até que eu me acostumasse ao meu corpo e entendesse quem eu era depois da gravidez, e acho que muitas mulheres sofrem com isso,” disse ela. “É algo do tipo, como você encontra a sua sensualidade novamente?”

Nos seis últimos anos de sua carreira, a modelo disse que suas estrias sempre eram removidas com o Photoshop. Ela teve medo de que as marcas no corpo estivessem limitando seus trabalhos como modelo, e começou a gastar “dinheiro demais” em tratamentos a laser e com luz intensa pulsada.

“Passei a maior parte da minha carreira coberta,” disse ela. “E aí finalmente me libertei para ser eu mesma, e mostrar o meu corpo como ele é – com as imperfeições, com as celulites e as estrias. E adorei isso”.

Nisean Lorde
Yahoo Canada Style

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos