Modelo plus size denuncia humorista Leo Lins após 'piada' que causou revolta na web

·3 minuto de leitura
A influencer Bia Gremion registrou uma queixa contra Léo Lins (Reprodução / Instagram @biagremion)
A influencer Bia Gremion registrou uma queixa contra Léo Lins (Reprodução / Instagram @biagremion)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A modelo plus size Bia Gremion fez uma denúncia na 52ª DP da Polícia Civil de São Paulo contra Leo Lins, que integra o elenco do programa ‘The Noite com Danilo Gentili ‘(SBT). O humorista é acusado de gordofobia após uma série de publicações controversas feitas nas redes sociais dele.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

Tudo começou quando Lins publicou uma foto dela de lingerie abraçada ao namorado, o fotógrafo Lorenzo Magnaboschi, com uma inscrição da frase "tudo bem ser maior que seu parceiro". Na legenda, ele escreveu: "Chamei sua atenção? Que bom, rola pro lado". Ao lado, ele dava informações sobre um show de stand up dele.

Leia também

  • Patrícia Poeta homenageia os 18 anos do filho único: “Um filme na cabeça”

  • Fátima Bernardes relembra saídas com Túlio: “Saudade, né milha filha?”

  • Talyta Younan celebra o primeiro filho e lembra: “Foi um grande susto”
    A publicação gerou revolta em muitos internautas, alguns famosos inclusive, que acharam a "brincadeira" sem graça. "Gordofobia NÃO é piada", criticou a cantora Gloria Groove. "Já esse conceito de 'Bullying Arte' que o senhor tenta propor... ah, esse sim é uma piada pronta."



    Lins, no entanto, continuou fazendo provocações. "Pessoal! Muitas pessoas gordas estão enviando mensagens para os locais onde vou me apresentar. Eu sinceramente também não sei como proceder. O show vai ser num drive in e a dúvida é: uma pessoa de 300kg conta como um veículo e pode ir sem carro? Estamos trabalhando junto ao local do show para resolver esse dilema", escreveu em nova postagem.



    Na sequência, publicou a imagem da suposta promoção de uma hamburgueria em que o cliente ganhava um lanche na compra de outro. "Muitas lanchonetes estão me procurando para fechar post publicitário, pois perceberam um publico em potencial nos meus comentários", debochou.



    O post recebeu um comentário jocoso do próprio Danilo Gentili. "Sou seu amigo. E amigos de verdade devem falar a verdade e, se preciso for, criticam em público. Sinceramente, nessa você deu mancada. Desde quando gordo come salada? Tinha que ser X-Bacon", escreveu.



    Ao tomar conhecimento, a modelo gravou um vídeo comentando o assunto. "Isso tudo só mostra que um corpo gordo na sociedade continua sendo tratado de forma violenta, e isso não será mais tolerado", afirmou. "Se for usar uma imagem pra fazer chacota, ou atacar uma pessoa gorda, vocês vão cair um por um. Pessoas gordas existem, e resistem."



    "Segura esse processo que vai chegar para você", adiantou. "Você nunca mais vai fazer isso com uma pessoa gorda de novo."



    Depois, Bia publicou um vídeo no qual ela e o namorado leem diversos ataques recebidos após as publicações de Lins. Além dos comentários gordofóbicos, havia comentários transfóbicos direcionados a Lorenzo, que é homem trans. "As pessoas precisam entender e respeitar a individualidade do outro, e infelizmente, se nao, serão responsabilizados por isso", afirmou Bia. "Eu tenho orgulho de namorar uma pessoa tao maravilhosa que me acolhe e respeita a todos. Estranho deveria ser o contrario."



    Na quarta (29), o casal registrou a ida à delegacia, acompanhados da advogada Katia Aureliano. "Dessa imagem [publicada por Lins], surgiram mais de 7 mil comentários. Desses 7 mil comentários, todos são pejorativos e agressivos contra a Bia. Então ela me procurou para a gente tomar algumas medidas judiciais contra isso", contou a advogada. "Uma tipificação penal para a atitude que Leo teve foi encontrada", completou. "Agora a gente vai seguir com os processos, com toda a certeza."



    Após a denúncia na delegacia, o humorista voltou a debochar. Ele publicou um Stories, no Instagram, com a imagem de uma reportagem com o título "Livro que ensina a insultar gordos fatura mais de R$150 mil em 13 dias". Abaixo, escreveu: "gordofobia não é piada, é negócio".