Modelo brasileira posa para Playboy espanhola e diz que se inspirou em Xuxa e Kim Kardashian

***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL 16.12.2019 Xuxa Meneghel (apresentadora). 17ª edição do Natal do Bem, no Palácio Tangará. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A revista Playboy americana anunciou nos últimos dias que não terá mais sua versão impressa por conta da crise econômica que foi agravada com a pandemia de coronavírus. Com isso, são poucos os países que ainda manterão a Playboy impressa, como Espanha e Portugal.

Em meio a esse cenário, a brasileira Iasmin Santos, 28, será a capa da Playboy Espanha no mês de abril, realizando um sonho. "Cresci vendo as famosas nessas capas, por causa delas eu alimentei meu sonho e fico orgulhosa de ter realizado a tempo de ver minha revista impressa na Espanha".

Sobre as fotos feitas para a próxima edição, a modelo diz que se inspirou na apresentadora Xuxa, 56, e na socialite americana Kim Kardashian, 39. "Sei que vão seguir com a versão digital, mas ter a sua revista nas mãos não tem preço, é uma pena que muitas não conseguirão ver o seu trabalho dessa forma."

O anúncio sobre o fim da distribuição impressa da Playboy americana foi feito pelo diretor de operações da Playboy Enterprises, Ben Kohn, na semana passada. Na ocasião, ele afirmou que a revista já passava por dificuldades, que se agravaram ainda mais com a pandemia.

"Decidimos que a edição da primavera de 2020, que chega às bancas americanas e como download digital esta semana, será nossa publicação impressa de final de ano nos EUA", afirmou ele sobre a revista icônica fundada em 1953 por Hugh Hefner, morto em 2017, aos 91 anos.