Modelo afirma que foi expulsa do show de Dua Lipa por apoiar Bolsonaro

Cantora britânica foi uma das famosas que se manifestou publicamente contra o candidato à presidência (Reprodução/instagram.com/dualipa)

Uma das celebridades internacionais que aderiu ao movimento #EleNão, contra o deputado Jair Bolsonaro, 63, que segue na disputa à presidência do Brasil, foi a britânica Dua Lipa, 23.

Por conta disso, uma modelo brasileira, a Liziane Gutierrez, afirmou que foi expulsa da área vip de um show da cantora pop ocorrido em Las Vegas, nos Estados Unidos, por usar na ocasião uma camiseta que ressaltava seu apoio ao político. “Eu fui convidada pro show da Dua Lipa que eu amo as músicas, estava entre a área reservada e uma outra bem na frente do palco. Na segunda música do show uma das seguranças pediu pra eu me retirar e eu perguntei o motivo (obviamente) até que a segurança após falar com alguém perguntou o que eu estava vestindo por baixo da minha blusa, e se eu poderia retirar minha t-shirt senão teria que me retirar dessa área separada”, desabafou ela.

Leia mais:
Gusttavo Lima mostra filho caçula e encanta seguidores
Marina Ruy Barbosa responde seguidora que questionou seu excesso de trabalho

Revoltada com a situação que narrou em seu Instagram, Liziane disse que pretende punir quem fez isso com ela. “Por que teria que tirar minha blusa? No que ela estava afetando a algo/alguém? Que tolerância e essa que só vem de um lado? Foi da equipe do show? Foi de alguém do Brasil que trabalhava ali? Eu só digo uma coisa: eu vou atrás pra saber da onde veio isso, porque se foi da produção do show realmente não tem muito o que eu possa fazer, além de achar ridículo e hipócrita, agora se veio de alguém daqui de Las Vegas, eu te garanto que vamos nos encontrar na justiça”, prometeu ela.