Mister Bumbum ‘seca’ na pandemia e faz ensaio nu internacional: “Gringos adoram”

Lucas Pasin
·3 minuto de leitura

Mesmo fora do Carnaval, onde é muso da Porto da Pedra, no Rio, Fábio Alves aproveita o sucesso dos seus títulos de ‘Mister Bumbum’ ou de ‘Homem Melancia da Sapucaí’. São 116 cm de atributo que já repercutem até mesmo fora do Brasil. O enfermeiro estampará a capa de outubro da ‘G Magazine’ em Porto Rico, um ensaio nu que marcará a edição de aniversário da revista.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

De acordo com Fábio, em conversa com o Yahoo!, seu ensaio foi o mais pedido pelos leitores da revista internacional.

Leia também:

“Os gringos adoram os brasileiros. Sempre que vou para a praia eles ficam em volta me rodeando, interessados em mim. É até engraçado, pois não falo outra língua. Tenho que ficar usando o tradutor. Alguns amigos até ajudam. Fiquei muito feliz com o convite para esse ensaio. Eles já tinham convidado antes, mas veio a pandemia e pedi para que esperassem um pouco para que eu pudesse me preparar fisicamente de novo”, revela.

A preparação do muso não foi nada fácil. Ele perdeu 10 quilos, mas garante que bumbum, pernas e cinturinha fina continuam: “Tive problemas nos joelhos e precisei ficar parado por três meses depois do Carnaval, e logo veio a pandemia com as academias fechadas. Voltei a treinar em casa, com peso do próprio corpo, e depois quando as academias reabriram eu voltei a treinar pesado e fazer dieta com acompanhamento de nutricionista. Sequei dez quilos. Faço musculação, aeróbico e corro na praia, me exercitando de segunda a sábado.”

Fábio conta que seu sucesso internacional já chegou até na China. “Fiz uma matéria que bombou lá e me chamaram para ir fazer alguns programas de TV. Mas eu teria que ficar muitos dias longe e largar meu trabalho. Não encarei essa loucura sem saber se realmente eu teria uma boa proposta de trabalho para me manter tão longe”, explica.

Fábio Alves, Mister Bumbum (Foto: Reprodução/Instagram @fabiomusodocarnaval)
Fábio Alves, Mister Bumbum (Foto: Reprodução/Instagram @fabiomusodocarnaval)

Bumbum de fora não significa falta de respeito

Ter o bumbum famoso é motivo de orgulho para Fábio, porém, ele destaca que está cansado de sofrer preconceito e receber propostas abusadas. O muso quer provar que seu bumbum de fora não significa que ele faça programas sexuais ou que não mereça respeito.

“Ser muso ou mister do bumbum é algo sensual sim, mas que não tira o respeito que os outros precisam ter por mim. Não faço programas sexuais, ao contrário do que muitos pensam. Nada contra quem faça. Sou enfermeiro, pós-graduado e estou na minha segunda faculdade, psicologia”, ressalta o carioca, que tenta ser ‘educado’ quando recebe propostas que fogem do limite: “Sei que existe um fetiche por bunda grande. Muitos oferecem dinheiro. Procuro dizer de uma forma simpática que não faço isso e quero que entendam que meu bumbum grande também merece respeito.”

Rio sem Carnaval?

Respirando Carnaval, Fábio está chateado com a notícia de que o Rio de Janeiro pode não ter o desfile de escolas de samba em 2021 por conta da pandemia de covid-19. Até o momento, o desfile foi adiado e pode ganhar uma nova data, mais para frente.

“Todos os sambistas, como eu, estão tristes. Sabemos da importância de não aglomerar e entendemos. Mas o Rio de Janeiro, com seu prefeito evangélico, está ficando com o Carnaval prejudicado mesmo antes do coronavírus. Desfilo no Espirito Santo e vejo lá muito mais organizado. Já pensam na possibilidade do desfile em maio ou junho se tivermos vacina. Estou na torcida para que dê tudo certo e que a gente tenha Carnaval, mesmo que seja no meio do ano”, opina o folião famoso.