Ministério Público Federal abre inquérito para apurar censura na Funarte

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério Público Federal abriu um inquérito para investigar uma suposta censura a peças de teatro na Funarte (Fundação Nacional das Artes), em São Paulo.

Segundo documento publicado no último dia 19, a direção da fundação vetou determinados projetos e alterou o processo de seleção de companhias ou grupos de teatro interessadas em se apresentar naquele espaço.

A Funarte tem dez dias para prestar informações sobre um chamamento público que selecionou apresentações teatrais e musicais no local entre janeiro e março deste ano, bem como os resultados do processo e quanto de recurso federal foi contemplado nos financiamentos.

Ligada à Secretaria da Cultura, a instituição tem sedes e espaços culturais localizados no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Minas Gerais. O órgão tem como missão fomentar e incentivar a produção das artes no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos