“Presença de Anita” completa 20 anos! Veja como está o elenco da minissérie

O que é bom sempre volta e chegou a vez de “Presença de Anita” ganhar uma nova reprise no Viva. A trama de Manoel Carlos, inspirada na obra homônima de Mário Donato, foi exibida originalmente em 2001 e marcou a teledramaturgia.

Protagonizada por Mel Lisboa, a história quebrou tabus ao mostrar uma jovem mulher que dividia seu amor e tesão entre um homem mais velho e casado e um jovem rapaz. Tudo em um sexual triângulo amoroso que deu o que falar nas ruas do país.

Leia também:

Zezinho, vivido por Leonardo Miggiorin, era um ajudante de marcenaria completamente apaixonado pela protagonista, mas sem nenhuma coragem ou experiência para se declarar. Mas ele é fisgado pela mulher de seus sonhos que não reprime desejos e, há 20 anos, já falava sobre liberdade sexual feminina.

O homem casado e mais velho, Fernando (José Mayer), era um arquiteto que gostava de escrever, mas não conseguia terminar seu primeiro livro até se apaixonar por Anitta. Ela foi a grande musa inspiradora do veterano e fruto de seus desejos.

Uma outra mulher que não passou batido na história foi Marta (Vera Hotz). Madura, a viúva se mostrava uma mulher dura e repleta de preconceitos, mas que tinha uma queda por homens negros. Na história ela se apaixona perdidamente por André André (Taiguara Nazareth), funcionário de sua fazenda, com quem protagoniza cenas quentes.

Uma curiosidade da trama de 16 capítulos, já foi exibida outras duas vezes no Viva, é que a protagonista foi a inspiração para o nome artístico de Anitta, que se chama Larissa. A minissérie voltará ao ar nas próximas semanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos