‘Mindhunter’: conheça o perfil dos verdadeiros assassinos da elogiada série do Netflix

Os agentes de 'Mindhunter' se encontram com vários assassinos em série (Foto: Reprodução/IMDb/ Patrick Harbron/Netflix/Patrick Harbron/Netflix)

A série ‘Mindhunter’ estreou sua segunda temporada no Netflix em agosto de 2019, trazendo de volta os agentes Holden Ford (Jonathan Groff) e Bill Tench (Holt McCallany) que, ao lado da psicóloga Wendy Carr (Anna Torv), entrevistam condenados por crimes violentos, como Charles Manson, para descobrir padrões e semelhanças entre eles e traçar perfis.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Baseado no livro ‘Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers Americano’ (Intrínseca), ‘Mindhunter’ mostra o trabalho que mais tarde seria usado pelo FBI como guia para identificar assassinos em série. Alguns deles são personagens de ‘Mindhunter’.

Leia também

Charles Manson (Damon Herriman)

À esquerda, o assassino em série Charles Manson, à direita o ator Damon Herriman (Divulgação)

Preso em 1971 por conta dos assassinatos no caso Tate-LaBianca, Manson é um dos serial killers mais famosos da história (e isso sem ter matado ninguém). Líder de uma seita que ficou conhecida como “Família Manson”, ele influenciou jovens a cometerem assassinatos por ele.

Dois anos antes, em 1969, Charles Manson convenceu membros de seu grupo a invadir a casa da atriz Sharon Tate na Cielo Drive, em Los Angeles, e matar quem estivesse no local. Dias depois, eles invadiram a residência do empresário Leno LaBianca, e o mataram juntamente com a esposa. Manson foi condenado à morte em 1971, mas a pena foi alterada para prisão perpétua. Charles Manson morreu em 2017, aos 83 anos. O ator Damon Herriman interpretou Charles Manson tanto em ‘Mindhunter’ quanto em 'Era uma vez em... Hollywood', de Quentin Tarantino.

David Berkowitz (Oliver Cooper)

À esquerda, o assassino David Berkowitz, à direita o ator Oliver Cooper (Divulgação)

Conhecido pelo codinome ‘Filho de Sam’, Berkowitz foi preso em 1977, em Nova York. Também foi chamado de ‘Assassino da Calibre .44’, por ter utilizado a arma no assassinato de 6 pessoas. Ao ser preso, Berkowitz recebeu o diagnóstico de neurótico, paranóico e esquizofrênico. Ele alegou ter sido possuído por um demônio e teria cometido os crimes em nome dessa força sobrenatural. Ele continua preso, cumprindo seis penas de prisão perpétua. A caçada a David Berkovitz está bastante presente na trama de ‘O Verão de Sam’, de Spike Lee.

Elmer Wayne Henley (Robert Aramayo)

À esquerda, o assassino em série Elmer Wayne Henley, à direita o ator Robert Aramayo (Divulgação)

Henley, da mesma forma que é apresentado na série, era “bom de lábia”. E foi isso que o fez ser o escolhido por seu tutor e outro serial killer, Dean Corll, para ser o responsável por selecionar vítimas e atraí-las para a casa de Corll. Estima-se que 28 jovens homossexuais foram torturados e mortos pela dupla. Corll foi morto por Henley que, por sua vez, foi julgado pela morte do tutor e pelo envolvimento nos outros assassinatos. Ele foi preso no Texas em 1974 e segue cumprindo a pena de 99 anos de prisão.

Dennis Rader (Sonny Valicenti)

À esquerda, o assassino em série Dennis Rader, à direita o ator Sonny Valicenti (Divulgação)

Conhecido como BTK (acrônimo para “Bind, Torture, Kill”, ou “Amarrar, Torturar, Matar”), o serial killer foi preso por matar 10 mulheres estranguladas, entre 1974 e 1991. O assassino foi preso só em 2005, após confessar seus crimes. Foi acusado por 8 mortes e recebeu pena de 10 prisões perpétuas, sem condicional.

Gostou? Então vem ouvir nossa opinião sobre MindHunter no podcast Pod Assistir: