Milton Neves desabafa sobre morte da mulher: "O maldito câncer fez mais uma vítima"

O apresentador Milton Neves com a mulher, Lenice. Foto: reprodução/Twitter/Miltonneves
O apresentador Milton Neves com a mulher, Lenice. Foto: reprodução/Twitter/Miltonneves

Milton Neves desabafou nas redes sociais sobre a morte de sua esposa, Lenice Chame Magnoni Neves, aos 65 anos. O jornalista esportivo contou que ela faleceu na madrugada deste domingo (30), vítima de câncer no pâncreas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Último sorriso de minha esposa, Lenice Chame Magnoni Neves, mas nesta madrugada o maldito câncer fez mais uma vítima. Foram 10 anos de namoro e 42 de casamento. Três filhos [Rafael, Flávio e Netto], duas netas [Giulia e Maria Beatriz], com ela cuidando sozinha dos meninos, enquanto eu mais trabalhava na vida. Hoje, com tanta realização, foi-se o pilar”, escreveu no Twitter.

Leia também

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Famosos e anônimos prestaram solidariedade pela perda. “Muita forca. Meus pêsames, Miltão. Um abraço na família”, comentou o apresentador Felipe Andreolli.

“Meus sentimentos”, disse a atriz Fernanda Paes Leme. “Muita força e luz neste momento, Milton. Muito amor pra você e pra toda sua família. Meus pêsames”, escreveu o humorista Lucas Salles.

Milton também fez uma homenagem à companheira no Instagram, com a publicação de fotos antigas e memórias do longo relacionamento.

“Dia 7 de janeiro de 1978, Lenice e eu nos casamos no civil em Muzambinho [MG]. Antes, foram 10 anos de namoro e noivado, esperando obter condições para nos casarmos. E foi um grande casamento, de 42 anos, hoje interrompido nesta madrugada pela força do maldito câncer. Nice, Deus te pague, minha primeira namorada, única noiva e única esposa. Vá com Deus e fique tranquila no céu, porque nossos três meninos, hoje, cuidam de mim como tão bem você cuidou deles, enquanto eu trabalhava feito louco. Deus te pague!”, disse.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De luto, o jornalista explicou seu afastamento temporário do trabalho também em seu blog.

“Com imensa tristeza comunico aos assinantes do UOL que não comentarei a rodada deste domingo em razão do falecimento de Lenice Chame Magnoni Neves, minha querida esposa”, anunciou.