Milton Gonçalves tem alta hospitalar após três meses internado por causa de AVC

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 28.02.2012 - O ator Milton Gonçalves. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após três meses internado, Milton Gonçalves, 86, recebeu alta hospitalar na tarde desta quinta-feira (14), segundo divulgado pelo Hospital Samaritano Barra, no Rio. No início de fevereiro, o ator teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e estava hospitalizado desde então.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

Gonçalves recebeu atendimento clínico e cirúrgico endovascular durante o período que ficou internado.

Leia também

Logo que foi internado, Gonçalves passou por uma cirurgia e teve de ficar na unidade neurointensiva. Em 2 de março, após apresentar evolução positiva do quadro, ele foi transferido para a unidade semi-intensiva da instituição.

No final do ano passado, o ator participou do especial de Natal da Globo, que pela primeira vez foi protagonizado por uma família negra. “Juntos a Magia Acontece” contou a história de uma família cuja morte da matriarca, Neuza (Zezé Motta), às vésperas do Natal, desperta a depressão do viúvo Orlando, vivido por Milton Gonçalves, e desalinha a vida do filhos André (Fabrício Boliveira) e Vera (Camila Pitanga).

Para ocupar a cabeça, Orlando tenta arrumar um emprego como Papai Noel, mas é sistematicamente recusado pelos estabelecimentos por ser negro. Então, a neta Letícia (Gabriely Mota), 9, filha de Vera e de Jorge (Luciano Quirino), decide criar um plano para tornar Orlando o Papai Noel de seu bairro.

Na ocasião, Gonçalves se emocionou ao falar sobre seu papel. “Quando eu era menino, não existia Papai Noel negro. Tudo o que era considerado bonito não tinha negros. Nós sentíamos muito medo e vergonha. A gente se escondia [...]"