Milhares assinam petição para Leonardo DiCaprio não interpretar o poeta persa Rumi

image

Há risco de esse ser um dos casos mais escandalosos de whitewashing (Getty Images / Divulgação)


Faz alguns dias que o roteirista David Franzoni manifestou interesse em escalar Leonardo DiCaprio para interpretar o poeta persa Rumi, conhecido como o “Shakespeare do século XIII”, em cinebiografia. Mas os fãs não gostaram nada dessa possibilidade.

A insatisfação é tamanha a ponto de quase 8 mil pessoas* terem assinado petição para pedir aos produtores escalarem um ator do Oriente Médio para interpretá-lo.

Eles alegam que se trata de caso de “whitewashing”, ou seja, escolha de artista branco para interpretar personagens de outras etnias para facilitar a parte comercial de filmes. Para completar, Robert Downey Jr. foi também cogitado para o mesmo trabalho.

image

É melhor não aceitar o papel, Leo (Divulgação)


De acordo com o manifesto, “escalar Leonardo DiCaprio para interpretar Rumi é reescrever a história, apossar-se dos feitos muçulmanos e dar crédito a um homem branco”.

Ainda, a petição diz que o poeta entrará para o imaginário popular como uma pessoa loira, de pele clara, e com olhos azuis, enquanto atores muçulmanos são estereotipados como terroristas.

“Quando um filme retrata um muçulmano de modo positivo, eles são colocados em segundo plano para dar lugar a um ator branco. O elenco do filme sobre Rumi ainda não foi finalizado e podemos mudar isso”, termina o texto da petição.

* 7.992 pessoas assinaram a petição até as 13h17 de 29 de junho.