Miley Cyrus é processada por paparazzo por direitos autorais

Miley Cyrus no show do Lollapalooza Brasil
Miley Cyrus no show do Lollapalooza Brasil. Foto: Mauricio Santana/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Paparazzo processou Miley Cyrus por direitos autorais

  • Cantora teria publicado foto no Instagram sem autorização

  • Fotógrafo alega que artista teria benefícios financeiros a partir da postagem

Miley Cyrus foi processada por publicar uma foto sua sem ter os devidos direitos autorais. De acordo com a NME, o paparazzo Robert Barbera alegou que ela não tinha permissão para usar a imagem feita por ele.

A ação foi movida na última sexta (9) na Corte da Califórnia, nos Estados Unidos, e a foto foi publicada em fevereiro de 2021 no perfil do Instagram da artista.

De acordo com Barbera, Miley teria adquirido benefícios financeiros a partir da postagem que utiliza uma foto registrada por ele.

Pesquisa do Bloomberg Law diz que o fotógrafo alegou que a imagem aumentou engajamento de Cyrus nas redes sociais, o que gera mais lucro com as músicas dela. Além disso, a publicação da cantora teria impossibilitado a venda e uso comercial da fotografia.

Foto com Anitta

Por falar em foto nas redes sociais, vale lembrar que Miley publicou um registro ao lado de Anitta no início do ano. A imagem foi feita durante a "Miley's New Years Eve Party", especial de fim de ano da cantora americana, do qual a "poderosa" foi uma das convidadas.

"Meninas Superpoderosas de 2022", legendou Miley no clique em que ainda aparece Saweetie, a rapper que fez parceira com Anitta em "Faking Love".

Os seguidores de Miley ficaram em êxtase, entre eles, alguns famosos, como Luísa Sonza, Felipe Andreoli e até Demi Lovato, que curtiram a publicação. Já Maisa Silva comentou com emojis apaixonados. A atriz Juliana Alves escreveu: "Nossa Anitta". Clique aqui para saber mais.