'Milagre', diz Jarbas Homem de Mello sobre gravidez de Claudia Raia

***ARQUIVO***SAO PAULOS/ SP, BRASIL, 27-10-2022: A atriz Claudia Raia. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SAO PAULOS/ SP, BRASIL, 27-10-2022: A atriz Claudia Raia. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Final de 2021. Claudia Raia, 55, e o marido, o ator Jarbas Homem de Mello, 53, entraram numa clínica para tentar gerar um filho por inseminação. A investida não deu certo, e o casal, que planejava um bebê há dez anos, começou a conversar sobre a possibilidade de entrar numa fila de adoção.

A atriz, no entanto, engravidou naturalmente, algo até então inimaginável, já que ela havia entrado na menopausa em 2019. Seria a gestação de Luca um milagre? "Considero que sim. Com certeza tem a mão do Divino nisso", avalia Jarbas em conversa com o F5.

O ator considera que outros fatores, estes no plano mais racional, também contribuíram para a gravidez da mulher "Além de termos sido abençoados, também há o fato de a Claudia nunca ter usado hormônio e ter um estilo de vida saudável", pontua o ator, que lembra que a mãe da esposa também engravidou na menopausa.

Claudia Raia havia congelado óvulos aos 48 anos, mas Jarbas afirma que o relacionamento deles não dependia disso. "Estávamos abertos a qualquer possibilidade", diz. Ele revela que já pesquisava em sites internacionais sobre os trâmites para aderir a uma barriga de aluguel.

Para Jarbas, a gestação de Claudia com 55 anos não deve servir como esperança para outras mulheres 50+, pois é algo raro e depende de uma série de variantes. Mas ela pode, sim, encorajar outras pessoas dessa faixa de idade a não desistirem de fazer planos. "Não necessariamente sobre filhos, mas sobre um novo relacionamento, um novo trabalho."

Pai pela primeira vez, o ator conta que já vem exercendo a paternidade "tentando segurar a Claudia em casa, porque ela quer sair para todo lugar". Ambos pretendem ficar o primeiro semestre de 2023 mais reclusos para que a prioridade total seja Luca, previsto para nascer em março. A partir de agosto, eles querem retomar projetos, fazer musicais e voltar com força total.

"A gente trabalha até de madrugada e começa cedo, faz cinco coisas ao mesmo tempo. A pandemia deu esse tempo de ficar mais em casa. O Luca é fruto da reflexão na quarentena. Entendemos que é importante o momento de parar, olhar para dentro e tomar decisões para o futuro", explica.

Por falar em futuro, Jarbas chega a ficar emocionado ao contar o que espera para o futuro de Luca e como pretendem criá-lo. "Vamos encaminhar esse homem para o caminho do bem, criar para o mundo, para que não seja machista, respeite a diversidade e as mulheres. Quero que ele olhe para o mundo com humanidade."