Microsoft demite 10 mil funcionários para redução de custos; entenda

Em uma semana conturbada para várias empresas, a Microsoft anunciou que dispensará 10 mil funcionários. O principal motivo seria uma reestruturação da empresa, que mudará seu foco para futuros projetos.

 
Que outras surpresas podemos esperar da gigante de tecnologia para o ano de 2023

Através de um comunicado oficial para membros da empresa, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, explicou que a decisão foi algo "difícil, mas necessária". Confiante, ele acredita que a Microsoft saíra deste momento "mais forte e competitiva".

A empresa não comunicou quais os setores e departamentos serão afetados com as demissões. Porém, Nadella explica que mudanças internas acontecerão em breve, para modificar as "estratégias em áreas-chave de atuação".

Os 10 mil funcionários dispensados representam menos de 5% do total da Microsoft,. As demissões acontecerão gradativamente até o final do terceiro trimestre fiscal de 2023 (final de janeiro de 2024).

"Trataremos o nosso pessoal com dignidade e respeito, agindo de maneira transparente", expõe Nadella. "São decisões difíceis, mas necessárias. Elas tornam-se difíceis por impactar a vida das pessoas, tanto colegas quanto amigos".

 
Será que a decisão afetará a marca Xbox?

"Como empresa, nosso sucesso precisa de alinhamento com o sucesso global. Isto significa que cada um de nós e cada equipe da empresa precisa elevar as metas e ter um desempenho melhor do que a concorrência para proporcionar uma inovação significativa da qual os clientes, com...

Microsoft demite 10 mil funcionários para redução de custos; entenda
Leia Mais

Executivo da Xbox diz que compra da Blizzard é justa pois a PlayStation tem muito mais exclusivos; entenda
Acordo de Call of Duty da Microsoft para a Sony incluiria o PlayStation Plus
Comissão americana abre processo para bloquear compra da Activision Blizzard pela Microsoft