Micropigmentação, microblading e nanoblading: conheça os tratamentos da moda para as sobrancelhas

Micropigmentação, microblading e nanoblading para sobrancelhas: saiba do que se trata. Foto: https://www.instagram.com/browhousekc/

Por Anna Sanchez

As sobrancelhas estão em alta em 2019, e os profissionais da Tacha mostram as tendências de sucesso. Se o seu problema são sobrancelhas finas ou esparsas, conheça algumas soluções duradouras a seguir.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

As sobrancelhas grossas e cheias estão na moda, e as fininhas, que fizeram sucesso em outras épocas, ficaram para trás. Atualmente, a tendência são sobrancelhas com acabamento quadrado, grossas, de cor intensa e com mais pelos.

Como nem todos nascemos com sobrancelhas assim, existem técnicas de micropigmentação semipermanentes muito avançadas com resultados eficazes e muito bonitos.

Celebridades como Kylie Jenner e suas irmãs já aderiram à moda da micropigmentação. No entanto, você sabe qual é a diferença entre micropigmentação, microblading e nanoblading?

Microblading de sobrancelhas

O microblading dura entre um e dois anos e é mais barato do que o nanoblading. É uma técnica um pouco menos precisa que consiste em pigmentar a sobrancelha. O pigmento é inserido na camada externa da pele com uma caneta especial chamada tebori, com microlâminas compostas por agulhas específicas para desenhar as sobrancelhas.

Como resultado, a sobrancelha fica mais homogênea, como se fosse desenhada sobre a pele, mas não pelo a pelo, e sim em um bloco de pigmento. Se a sua sobrancelha é grossa e você busca aumentar a intensidade da cor para obter um efeito de homogeneidade, o microblading é a escolha ideal.



Nanoblading de sobrancelhas

O nanoblading é, como comentamos antes, mais caro. No entanto, esta técnica tem um resultado mais natural e preciso. As lâminas usadas no nanoblading são muito mais finas e curtas do que as do microblading, e aí reside a diferença radical entre os dois tratamentos.

Se você tem sobrancelhas finas, o nanoblading é a escolha perfeita porque permite “desenhar” a forma pelo a pelo, com um resultado incrível. O profissional vai esboçar as linhas de simetria no seu rosto, e posteriormente vai desenhar cada pelo para que você veja quão grossa e cheia a sobrancelha vai ficar nas partes que não têm pelo atualmente.

As agulhas do nanoblading são curtas e penetram em um nível mais superficial do que as do microblading, por isso o efeito tem uma durabilidade menor. Se você optar por este tratamento, o resultado pode durar entre três e seis meses.



Micropigmentação de sobrancelhas

A micropigmentação é uma alternativa muito utilizada para preencher falhas ou disfarçar cicatrizes. É a técnica mais conhecida e famosa das três e, por isso, várias celebridades a adotaram.

São necessárias duas sessões, uma por mês. Primeiro o profissional cria o desenho da sobrancelha levando em conta a forma e o tom desejado, e depois inicia a micropigmentação à mão. Na segunda sessão, um mês depois, quando a pele se regenerou, é feito o retoque final.

Como este é o método mais “artesanal” dos três, é preciso escolher muito bem o profissional responsável por aplicá-lo. O resultado final do pigmento vai depender da sua habilidade, que pode potencializar o sombreado criando uma sobrancelha mais natural e imperfeita, ou, pelo contrário, desenhar uma sobrancelha simétrica e muito bem-acabada.

A micropigmentação é, portanto, recomendável para pessoas com falhas na sobrancelha, uma pequena cicatriz, uma área específica menos cheia ou simplesmente para aqueles que querem uma sobrancelha mais natural e imperfeita. Os resultados duram de seis a nove meses.



Você já fez algum tipo de tratamento na sua sobrancelha? Se tivesse que escolher uma destas três opções, qual seria a sua preferida?