Mick Jagger é infectado com Covid-19 e Rolling Stones adiam show em Amsterdã

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 24.02.2016: ROLLING-STONES - O cantor Mick Jagger na apresentação do grupo The Rolling Stones no estádio do Morumbi na zona oeste de São Paulo. (Foto: Marcelo Justo/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 24.02.2016: ROLLING-STONES - O cantor Mick Jagger na apresentação do grupo The Rolling Stones no estádio do Morumbi na zona oeste de São Paulo. (Foto: Marcelo Justo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, está com Covid-19, informou ele em suas redes sociais na tarde desta segunda-feira. O artista de 78 anos e sua banda fariam hoje um show em Amsterdã, na Holanda, que teve de ser adiado.

Segundo comunicado da banda, também divulgado nas redes, Jagger sentiu sintomas da doença pouco após chegar à arena Johan Cruijff. "Os Rolling Stones lamentam profundamente o adiamento desta noite, mas a segurança do público, dos músicos e da equipe de turnê tem que ter prioridade", escreveram.

Com isso, quem havia comprado o ingresso ganhará um novo para a data correta, ainda não anunciada. "Nós queremos remarcar a data o quanto antes e voltar assim que possível", apontou Jagger.

Este era um dos shows da turnê pela Europa "Sixty", em comemoração aos 60 anos de carreira da banda, que está acontecendo desde o começo do mês, partindo de Madri, na Espanha. A banda ainda passará por cidades como Munique, Londres, Liverpool, Milão, Bruxelas, Viena, Paris, Lyon, Estocolmo, entre outras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos