Teló pode se igualar à Seleção e se tornar pentacampeão do 'The Voice'

Michel Teló chega a final do 'The Voice' com o experiente Tony Gordon (Foto: Divulgação/Globo)

A oitava temporada do ‘The Voice Brasil’ chega ao fim na noite desta quinta-feira (3) e Michel Teló tem tudo para se tornar pentacampeão. Tony Gordon é a aposta do técnico sertanejo e o participante, dono de uma voz potente e inconfundível, é o favorito da competição. O cantor de 53 anos disputa o prêmio com Willian Kessley (time Ivete Sangalo), Ana Ruth (time Iza) e Lúcia Muniz (time Lulu Santos).

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

É claro que Gordon é o principal responsável pelo sucesso de sua trajetória no programa, mas precisamos contar com a sorte de Teló. O músico entrou no reality show em 2015 para substituir Daniel e ganhou todas as edições desde então. Vale lembrar que Tony começou no ‘The Voice’ no time de Iza, a novata da temporada, mas acabou migrando para o grupo de Michel na fase das batalhas.

Leia também

Pode até parecer superstição, mas a verdade é que Michel Teló tem o dedo bom e tem tudo para se igualar à Seleção Brasileira de Futebol. Confira cinco motivos pelos quais Tony Gordon vai ganhar o ‘The Voice’:

1. Vozeirão único

Se a ideia é eleger “a” voz do Brasil, Tony Gordon é o mais forte dos candidatos. Seu tom grave e rouco é inconfundível! Ele, inclusive, chegou a ser comparado com o músico Louis Armstrong, a lenda do jazz. Uau! Um artista desses é difícil de encontrar por aí, não é mesmo?

2. Repertório

O participante fez seu nome na competição cantando músicas conhecidas da galera de casa. Na sua lista de músicas, estão sucessos como ‘Easy’, de Lionel Richie, ‘What A Wonderful World’, de Louis Armstrong, e ‘Você’, de Tim Maia. Impossível não gostar, né? E Tony Gordon promete superar as expectativas na final.

3. Experiência

Tony não é desconhecido e já está bem familiarizado com o palco. O intérprete paulistano de 53 anos (o mais velho da competição) tem 30 anos de carreira e três álbuns de jazz lançados. Com essa história no mundo da música, será bem difícil ver o finalista tremendo de nervoso na grande final - o que já é meio caminho andado.

4. Sucesso nas redes sociais

A galera do Twitter já cravou o paulistano como o campeão da temporada e seu fã clube é grande. Olha só:

5. Carisma

Além de ser megatalentoso, Tony ainda é simpático, sorridente, parceiro de seus colegas de competição... Praticamente um “labrador humano” assim como o técnico Michel Teló. O sertanejo fez escola!

E aí, quem você acha que vai ganhar o ‘The Voice Brasil’ 2019?