Michael Keaton diz que ainda cabe na roupa do Batman após 30 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Michael Keaton, 70, disse que está pronto para interpretar mais uma vez seu papel de Batman no próximo filme "The Flash", com estreia prevista em 2022. Ele garante que ainda cabe na roupa do super-herói que interpretou há mais de 30 anos nos longas "Batman" (1989) e "Batman Returns" (1992).

O apresentador Stephen Colbert, do The Late Show perguntou para o ator: "Dizem que você vai reprisar seu papel como o Batman. Você acha que o traje original ainda serve?". Keaton respondeu que já vestiu a roupa do longa: "Esbelto como sempre. Mesmas dimensões. Mesmo encaixe", disse o ator.

Keaton falou que "foi ótimo" voltar a interpretar o super-herói nas telonas. "Não sei quantos existem, [deve haver] 77 Batmans", brincou. "Eles provavelmente deveriam formar sua própria associação."

Vários atores já interpretaram o homem morcego nas últimas décadas e podem fazer parte da associação proposta por Keaton. São eles: Lewis G. Wilson, Robert Lowery, Ben Affleck, George Clooney, Val Kilmer, Adam West e Christian Bale. O próximo a interpretar o personagem é Robert Pattinson no longa "'The Batman", que estreia em 2022.

Em entrevista para The Hollywood Reporter sobre "The Flash", Keaton admitiu que "teve que ler o roteiro mais de três vezes e ainda perguntou: "Espere, como isso funciona? Eles precisaram me explicar várias vezes", disse.

O filme dirigido por Andy Muschietti é estrelado por Ezra Miller como o super-herói icônico Flash (também conhecido como Barry Allen) que viaja por universos paralelos e encontra diferentes super-heróis clássicos, como o Batman de Keaton. "Eles tiveram que me explicar isso várias vezes", acrescentou Keaton.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos