Michael Jordan é o mais novo investidor de plataforma de NFT

Redação Notícias
·2 minuto de leitura

 

 

Basketball - NBA - Charlotte Hornets v Milwaukee Bucks - AccorHotels Arena, Paris, France - January 24, 2020   Charlotte Hornets owner Michael Jordan during a pre match press conference   REUTERS/Benoit Tessier
Patrimônio de Michael Jordan é de US$ 1,6 bilhão (R$ 9,2 bilhões), segundo a Forbes (Benoit Tessier/Reuters)
  • NFT é uma espécie de certificado digital que faz com que arquivos sejam únicos

  • Michael Jordan decidiu investir na área

  • Empresa em que o ex-jogador de basquete investiu é dona da linha de colecionáveis "NBA Top Shot"

O ex-jogador de basquete dos Estados Unidos Michael Jordan agora é o mais novo investidor da plataforma de NFT Dapper Labs, segundo anúncio feito nesta terça-feira (30). Simplificadamente, o NFT é uma espécie de certificado digital que garante propriedade de um arquivo na internet, fazendo com que ele seja único e não possa ser reproduzido. As informações são do Portal do Bitcoin.

Leia também:

A companhia, que está por trás da linha de colecionáveis “NBA Top Shot”, disse que o astro do basquete não participou sozinho da rodada de US$ 305 milhões (cerca de R$ 1,7 bilhões na cotação atual). Outras empresas e também outros atletas participaram. 

“NBA Top Shot da Dapper Labs é um dos mercados de crescimento mais rápido do mundo, com quase $ 500 milhões em itens colecionáveis comprados e vendidos”, diz a nota divulgada. Conforme apurou o USA Today, agora a linha de colecionáveis deve estar avaliada em US$ 2,6 bilhões (algo como R$ 14.9 bilhões).

Segundo o CEO da Dapper Labs, Roham Gharegozlou, “o NBA Top Shot é bem-sucedido porque atrai os fãs do basquete”. Para ele, é um jeito mais emocionante de o público se conectar com os jogadores e times favoritos.

R$ 2,8 bilhões mais pobre

A Forbes divulgou em março que em menos de um ano Jordan perdeu US$ 500 milhões (cerca de R$ 2,8 bilhões). Antes, em abril de 2020 o patrimônio do ex-jogador do Chicago Bulls era de US$ 2,1 bilhões (R$ 12 bilhões) e hoje caiu para US$ 1,6 bilhão (R$ 9,2 bilhões), segundo a publicação.

Além de outros negócios, Michael Jordan é proprietário da franquia Charlotte Hornets, que disputa a NBA (liga de basquete dos Estados Unidos).