Michael J. Fox diz que revelou Parkinson após sofrer bullying de paparazzi

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Michael J. Fox, 60, revelou ao mundo há 23 anos que convivia com o Mal de Parkinson. Mas só agora, ele falou abertamente sobre o que o levou a tornar público o diagnóstico, revelando que sofreu bullying e foi vítima de piadas de paparazzi quando os sintomas da doença começaram a surgir.

"Passaram-se sete ou oito anos desde que tinha sido diagnosticado, e os paparazzi ficavam do lado de fora do meu apartamento gritando coisas como 'o que há de errado com você?'", afirmou ele ao Entertaiment Tonight, acrescentando que não poderia fazer seus vizinhos lidarem com aquilo.

"Então eu assumi, e foi ótimo", continuou o ator. "Foi uma grande surpresa ver as pessoas reagirem como reagiram. Eles responderam com interesse, com desejo de encontrar uma resposta para a doença, e então eu vi isso como uma grande oportunidade. Não fui colocado nessa posição para desperdiçá-la".

Fox, que afirma conviver com o Parkinson há 30 anos, tem sido um nome forte na conscientização e financiamento para a cura da doença. Apesar disso, ele diz que não pensa muito no impacto que faz na vida das pessoas, mesmo ficando feliz quando ouve isso. "Significa muito para mim".

"Eu tenho Parkinson há 30 anos. Acho que faz parte da minha vida, é o que eu sou. Não vou mentir, é muito difícil em alguns dias me levantar, me preparar e sair para o mundo. Tem dias que são uma merda", afirmou ele, que também falou da importância de ter a mulher, a atriz Tracy Pollan, ao seu lado.

"Nós nos entendemos", afirma ele sobre a união de 33 anos, e completa: "Ela é minha melhor amiga e ainda é sexy pra caramba, ela é ótima". Juntos desde 1988, o casal tem quatro filhos: Sam, 32, as gêmeas Aquinnah e Schuyler, 25, e Esme, 19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos