‘Meus fãs me salvaram do suicídio’, diz Mary J. Blige

·1 minuto de leitura
Mary J. Blige credit:Bang Showbiz
Mary J. Blige credit:Bang Showbiz

Mary J. Blige credita seus seus fãs por salvá-la de pensamentos suicidas.

A cantora, de 50 anos, admitiu que considerou tirar a própria vida no início de sua carreira profissional, mas acabou optando por buscar ajuda porque sabia que tinha fãs que contavam com ela.

Ela disse: "Eu penso inconscientemente, eu estava tipo: 'Oh, eu não posso me matar agora. Todas essas pessoas, alguém vai vir atrás de mim’ porque as pessoas estavam muito obstinadas, fortes e emocionais sobre este álbum. Então eu acredito no meu subconsciente, eu ponderei: 'Eu não posso [morrer] agora. Eu só tenho que lutar contra isso. Eu tenho que continuar.' E então eu continuei empurrando e empurrando, não importa o quão difícil ficasse, não importa o quão feio ficasse."

A estrela do sucesso ‘Family Affair’ tem lidado com problemas de saúde mental por mais de duas décadas e, embora seja um processo contínuo, Mary afirmou que está em um lugar muito melhor do que antes.

Ela acrescentou à revista ‘People’: "Não está tão ruim quanto antes, estou em um ótimo lugar. Mas tenho que lutar pela minha liberdade e minha felicidade todos os dias porque foi uma prisão pesada, sabe?"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos