"Meu Coco", de Caetano Veloso, é um dos melhores álbuns do ano pelo Washington Post

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Caetano Veloso
    Caetano Veloso
    Músico, produtor, arranjador e escritor brasileiro
Caetano Veloso no álbum
Caetano Veloso no álbum "Meu Coco". Foto: Divulgação/Fernando Young

Resumo da notícia:

  • Álbum de Caetano Veloso está entre os melhores discos eleitos por Washington Post

  • "Meu Coco" está na terceira posição de uma lista com 10 produções musicais

  • Disco chegou ao público após um hiato de 10 anos sem lançamentos

Sucesso! Aos 79 anos, Caetano Veloso está entre os melhores álbuns do ano em lista do tradicional jornal norte-americano The Washigton Post. Intitulado "Meu Coco", o disco se destaca na terceira posição numa lista de 10 produções musicais. 

“Este gentil colosso da música brasileira fez um álbum de quarentena vívido e vital que segue uma surpreendente gama de ritmos em todos os tipos de direções, mas os caminhos mais interessantes parecem estar conduzindo Veloso, de 79 anos, em direção aos mais jovens", diz a publicação. 

"‘Meu Coco’ contém uma canção de ninar dedicada a um neto que já tinha aprendido a cantar para dormir e outra que, segundo entrevista do compositor, essencialmente pergunta a uma geração de recém-nascidos: “Qual será o seu papel na salvação do mundo?”, completou.

O brasileiro ficou atrás apenas de Playboi Carti, que lidera o ranking com “Whole Lotta Red”, e de Grouper, que aparece na segunda posição com “Shade”. 

“Meu Coco” conta com 12 faixas e marca o retorno de Veloso após um hiato de 10 anos sem lançamentos. “Anjos Tronchos” e “Sem Samba Não Dá” estão entre os destaques do disco. Confira as faixas:

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos