Messi e Cristiano Ronaldo doam 1 milhão de euros a hospitais

***FOTO DE ARQUIVO*** PARIS, FRANCA, 06-03-2018 - CHAMPIONS LEAGUE, PSG X REAL MADRI ESPORTES: Cristiano Ronaldo (Real Madri) comemora seu gol durante partida realizada no estadio Parc des Princes, em Paris, capital francesa. (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os jogadores de futebol Messi e Cristiano Ronaldo, que nos últimos anos têm se alternado no posto de melhores do mundo, já doaram 1 milhão de euros cada um a hospitais para ajudar no combate à Covid-19.

No caso do craque argentino, o valor foi dividido entre uma instituição de saúde de Barcelona e outra de Rosário, sua cidade-natal.

A Espanha já registra mais de 3.400 mortes, o que pressiona enormemente o sistema de saúde do país. Os casos tem crescido especialmente na região da Catalunha.

Ronaldo, que defende a Juventus (ITA), e seu agente, Jorge Mendes, fizeram suas doações para dois hospitais nas cidades portuguesas Lisboa e Porto.

Os campeonatos Espanhol e Italiano, assim como a Champions League, estão suspensos em razão da pandemia e ainda não têm uma data marcada para retornarem.