Opinião: Na polêmica do Barcelona, acredito mais em Abidal do que no Messi