Mesmo com falhas, “Um Lugar ao Sol” estreia com entrega e qualidade

·4 min de leitura
"Um Lugar ao Sol" estreia bem (Foto: Reprodução/Globo)
"Um Lugar ao Sol" estreia bem (Foto: Reprodução/Globo)

Quem gosta de novela estava na expectativa para a estreia de "Um Lugar ao Sol", primeiro folhetim inédito na faixa das nove desde o início da pandemia. A trama conta a história de dois irmãos gêmeos, interpretados por Cauã Reymond, que foram separados com 1 ano de idade por falta de condições financeiras. Um deles, Renato, é adotado por uma família rica do Rio de Janeiro. Christian, por sua vez, é levado para um abrigo, onde fica até os 18 anos. 

No primeiro episódio, Renato descobriu que é adotado e se revoltou com a mãe. Christian encontrou o pai biológico, soube da verdade e viajou para o Rio de Janeiro a fim de encontrar o irmão. Apesar da falha de Cauã, de 41 anos, ter interpretado seus personagens mais novos e não ter convencido, a estreia teve muitos pontos positivos a serem exaltados.

Leia também

Bom texto

O texto de Lícia Manzo, que estreia com essa trama no horário nobre, mostrou-se consistente e amarrado. A autora já foi muito elogiada por outros trabalhos e pelo que foi exibido no primeiro capítulo vale a pena seguir assistindo "Um Lugar ao Sol". Alguns trechos, especialmente, foram enaltecidos por internautas por serem tão diretos e reais. 

Em um momento, por exemplo, a mãe de Renato, personagem de Ana Beatriz Nogueira, afirma que “diploma não é mais garantia de nada, assim como casamento, família. Ninguém quer mais compromisso”. O irmão gêmeo pobre, apesar de estudioso, também emocionou quando falou que entre a faculdade e o trabalho, ele precisou escolher o trabalho para ter o que comer: "A vida não quis que eu estudasse".

Juan Paiva

Na pele de Ravi, Juan Paiva emocionou e mostrou a força de seu personagem logo na estreia. O rapaz interpreta um menino abandonado, que cresceu no mesmo abrigo de Christian. Ao completar 18 anos, ele viajou para morar com o amigo no Rio de Janeiro e se encantou com as possibilidades e oportunidades.

Mais que o próprio protagonista, Juan conquistou o público que acompanhava a novela nas redes sociais. O sofrimento de Ravi, que se sente inferior ao se apaixonar por uma moça, fez com que a maioria torcesse por ele. 

Ravi viu seu mundo cair quando flagrou o melhor amigo, Christian, aos beijos com Lara, personagem de Andreia Horta. "Fica de boa, Chris, que eu vou arrumar alguém. Mas alguém para o meu bico. Não precisa se desculpar. Você precisa muito mais dela do que eu. Você tem chance nessa história, eu não", disse o mocinho.

Andreia Horta e Alinne Moraes

Falando na mocinha que conquistou Ravi e Christian, o trabalho de Andreia Horta merece ser elogiado. A atriz pareceu no tom: leve, divertida, empática. Sabe aquela pessoa que dá vontade de ser amiga?

Do outro lado, nas cenas finais, Alinne Moraes, que interpreta Bárbara, também chegou com o pé na porta. Namorada de Renato, o gêmeo rico, a personagem tem tudo para causar. Talento é o que não falta quando se fala em Alinne Moraes.

Bom gancho

Com ritmo acelerado, quase lembrando uma série, o primeiro capítulo de "Um Lugar ao Sol" terminou no auge do suspense. Os irmãos, Renato e Christian, estavam prestes a se encontrarem pela primeira vez em um estacionamento. Nas redes sociais, internautas lamentaram o fato de ter que esperar o episódio desta terça (9) para saber o que acontecerá com os dois. Ponto para a Globo!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos